• Ronaldo Gorga

Como emagrecer sem flacidez de pele?



Perder peso sempre é uma conquista impressionante que reduz muito o risco de doenças crônicas, no entanto as pessoas que conseguem ter uma grande perda de peso podem adquirir uma certa flacidez de pele o que pode afetar significativamente sua estética e autoestima.


Fora isso pode acarretar em desconforto físico, limitação nos movimentos ao fazer atividade física


A pele é o maior órgão do nosso corpo, servindo de barreira protetora contra o meio ambiente. A camada mais interna dela consiste em proteínas, como o colágeno e elastina. O colágeno compõe 80% da estrutura da nossa pele, garantindo firmeza e força, já elastina garante elasticidade e ajuda a manter a pele firme também.


Durante o ganho de peso, a pele se expande para abrir espaço para um crescimento maior no abdômen e em outras partes do corpo. A gravidez é outro exemplo dessa expansão só que essa expansão só dura por meses, já pessoas com excesso de peso, normalmente tem essa expansão da pele por anos.


Quando a pele permanece assim por muito tempo, as fibras de colágeno e elastina ficam danificadas, como resultado elas perdem a capacidade de retrair quando a pessoa perde peso, então fica aquela "pele pendurada". Se você está pensando que só cirurgia é a opção, pesquisadores relataram que esses formavam menos colágeno novo e com composição menor.


Existem diversos fatores que podem contribuir para a flacidez de pele após a perda de peso, como:

  • Tempo que a pessoa ficou com excesso de peso: Quanto mais tempo alguém fica com sobrepeso ou obeso, maior será a flacidez devido grande perda de elastina e colágeno.

  • Quantidade de peso perdido: A perda de 46kg ou mais geralmente resulta em uma quantidade maior de pele que fica sobrando.

  • Idade: Pessoas mais velhas naturalmente já tem níveis menores de colágeno.

  • Genética: os genes podem afetar a forma como sua pele responde ao ganho e perda de peso.

  • Exposição ao sol: exposição crônica ao sol pode reduzir a produção de colágeno e elastina da pele;

  • Fumar: Tabagismo leva a uma redução na produção de colágeno existente, resultando em pele solta e flácida.


Se você emagreceu e está sofrendo com a flacidez de pele, ou mesmo está com medo de emagrecer por causa dela, separei estratégias simples para você conseguir evitar esse problema e emagrecer com beleza, melhorando sua autoestima.


  • Aposte nos treinos de resistência

O exercício regular de treino de força é uma maneira eficaz de construir massa muscular, além de ajudar queimar calorias, esse aumento da massa muscular pode ajudar a melhora a aparência da pele solta.


  • Fique atento a sua nutrição

Certos nutrientes são importantes para a produção de colágeno e outros componentes para manter a pele saudável, vale a pena dar uma atenção as proteínas que é vital para uma pele saudável e alguns aminoácidos nela desempenham um papel direto na produção de colágeno. A vitamina C também é necessária para a síntese do colágeno, além de proteger do danos causados pelo sol. Não poderíamos deixar de falar do ômega-3 que ajuda a aumentar a elasticidade da nossa pele e por ultimo é essencial que você mantenha-se hidratado, o que garante uma melhora na aparência da pele.


  • Use creme firmador

Muitos cremes possuem colágeno e elastina. Embora esses cremes possam temporariamente dar um pequeno impulso à tensão da pele, as moléculas de colágeno e elastina são grandes demais para serem absorvidas pela pele. Em geral, o colágeno deve ser criado de dentro para fora, porém pode ser uma estratégia para você usar em conjunto com as outras.


Essas estratégias podem ser eficientes para a grande maioria das pessoas, preferencialmente devem ser adotadas durante o emagrecimento. No entanto, indivíduos que atingiram grande perda de peso podem precisar de cirurgia ou procedimentos estéticos como radiofrequência e ultrassom.



Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados