• Ronaldo Gorga

CORONAVÍRUS: Como limpar corretamente o celular



Com o surto de COVID-19 devemos tomar o máximo de atenção nas medidas preventivas como lavar as mãos, ficar em casa, usar máscara sempre que sair de casa, além de higienizar superfícies que são usadas ou tocadas com frequência.


Quanto a essa ultima medida, há uma superfície que você possa estar negligenciando e que é super importante estar esterilizada, pois é usada muitas vezes: o nosso celular. A grande maioria dos celulares hoje em dia são sensíveis ao toque, isso faz com que o vírus possa ficar nele, podendo trazer para dentro de nossa casa ou infectando-nos.


Vários estudos anteriores ao COVID-19 já mostraram que nossos celulares podem ser portadores de formas de vida microbiana, incluindo bactérias, vírus e fungos. Embora muitos deles sejam inofensivos, também existem organismos causadores de doenças, como o vírus SARS-CoV-2, que podem sobreviver em superfícies por tempo suficiente para

serem transmitidos a você ou a outra pessoa.


Mas se você já está lavando as mãos, qual a importância de limpar o telefone também? Porque nem sempre você está com a mão totalmente esterilizada quando toca no celular, por exemplo quando você está no mercado, pegando alimentos e depois atende uma ligação, o vírus pode ser transferido para seu celular e permanecer ali. Logo passará pra sua mão e se tocar o rosto você estará infectado.


De acordo com uma pesquisa realizada em 2019 pela empresa de pesquisa dscout, a pessoa em média toca no celular 2.617 vezes por dia, portanto limpar nossos celulares deveria ser rotina. Mas como limpar efetivamente nosso celular?


Primeiro você deve consultar o site do fabricante de seu aparelho para obter instruções específicas para não danificá-lo, muitos fabricantes, incluindo a Apple, forneceram recomendações devido a pandemia do COVID-19.


Embora instruções específicas possam variar dependendo do seu dispositivo, a Apple recomenda o seguinte para seus produtos:


  • Use apenas um pano macio e sem fiapos;

  • Evite a limpeza excessiva;

  • Desconecte todas fontes de energia e cabo na hora de limpar;

  • Mantenha líquido longe do celular;

  • Tome cuidado para que a umidade não entre em qualquer abertura;

  • Evite aerossóis, alvejantes e abrasivos;

  • Evite pulverizar produtos de limpeza diretamente no seu dispositivo.


É recomendado que você use um pano com álcool 70% para limpar qualquer superfície dura e não porosa, no entanto evite usar em partes de couro ou tecido para evitar danos, também evite usar produtos a base de cloro.


A maneira mais provável de um dispositivo ficar contaminado se alguém tossir ou espirrar perto dele, gotas microscópicas contendo o vírus podem se estabelecer, portanto se isso acontecer, seria prudente limpa-lo, mas também indico que você limpe regularmente, por exemplo, quando chega em casa.


Mas se você estiver deixando o celular em um lugar possivelmente contaminado, lavando pouco as mãos, ou tendo contado com alguém positivo para coronavírus, seria prudente limpa-lo com uma frequência maior



Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados