• Ronaldo Gorga

SOLUÇO: POR QUE TEMOS E COMO ACABAR COM ELES



Quem nunca teve aquele ataque chato de soluço em horas inesperadas? Todos nós já passamos por tentar manter os soluços mais silenciosos e torcendo para que acabe rápido.


Acredite ou não, o maior período de soluços durou 68 anos, com Charles Osborne em 1922, que persistiu até 1990. A duração do soluço realmente varia dependendo de diferentes fatores.


Mas o que vem a ser os soluços? Eles são causados por espasmos involuntários do diafragma. O diafragma aperta e ajuda na remoção do excesso de ar no estômago. Não há uma explicação clara sobre por que isso ocorre, mas há diversas teorias.


Os soluços são divididos em duas categorias, os benignos e intratáveis persistentes. Os benignos duram alguns segundos a horas, enquanto intratáveis persistentes duram até vários anos.


Por outro lado há organizações de saúde que dividem o soluço em 3 categorias, soluços agudo, persistentes e intratáveis. Agudos são que duram até 48 horas, os persistentes duram mais de 48 horas, soluços persistentes duram mais de 48 horas e intratáveis duram mais de um mês.


Mas por que temos esses soluços? Algumas das principais causas incluem:


  • Comer muito ou rápido demais: Isso pode causar soluços, porque comer rápido demais dá a você uma chance de comer demais, já que você não está dando ao seu corpo tempo suficiente para avaliar o conteúdo do estômago. Além que isso permite que você engula mais ar do que o normal.

  • Consumir bebidas alcoólicas: Diz-se que beber álcool causa soluços porque causa refluxo gastroesofágico. Por conta desse refluxo, o nervo vago que vai do cérebro ao abdômen fica irritado o que causa soluço.

  • Comer comida apimentada: Por conta da liberação de criptocapsina, capsaicina e outros produtos químicos, isso irrita o esôfago e o estomago, as vezes chegam até o pulmão e os soluços são a maneira do seu corpo expulsar essas substâncias química dos pulmões.

  • Estresse: O estresse e a ansiedade também podem causar soluços, pois desencadeiam uma rápida mudança no padrão e velocidade respiratória de uma pessoa. Isso pode causar soluço por causa da pressão aplicada no diafragma.

  • Bebidas carbonatadas: refrigerantes e outras bebidas carbonatadas permitem que o excesso de dióxido de carbono (CO2) entre no estomago. Você então soluça para expulsar esse excesso.


Observe que existem outros fatores que podem sugerir uma causa subjacente mais seria, soluços persistentes podem ser causados por desequilíbrio hormonal, por irritação nos nervos quando os nervos do diafragma estão irritados ou por tumores que podem pressionar o diafragma.


Existem diversas maneiras de se livrar dos soluços, algumas pessoas dizem que prender a respiração ou fazer gargarejo com água gelada o suficiente. Esses truques podem funcionar para algumas pessoas mas há outras maneiras mais efetivas como:


  • Respire em um saco de papel: Diz que ajuda para os soluços. porque o aumento do dióxido de carbono que entra nos pulmões permite que o diafragma se contraia, permitindo que a respiração volte ao normal.

  • Beba água: A água faz com que você use um tipo de movimento rítmico ao longo do esôfago, o que por sua vez ajuda o corpo anular os espasmos do diafragma.


Outras sugestões são acupuntura, hipnose e uso de sais olfativos. Se você tem soluço persistente que não desaparecem mesmo com essas táticas, procure um médico para ele determinar o que está causando essa condição.



Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados