• Ronaldo Gorga

ANTIOXIDANTES: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER



Com certeza você já ouviu alguém falar sobre antioxidantes, mas você sabia que eles são um componente dietético importante para nosso corpo?

Nesse artigo quero ampliar sua compreensão sobre os antioxidantes e lhe fazer entender a importância deles, além disso vou mostrar que precisamos de uma ampla variedade de antioxidantes para atingir esse objetivo.

Os antioxidantes são cruciais para a saúde, pois controlam a rapidez com que envelhecemos, combatendo os radicais livres, que estão no coração da deterioração relacionada à idade. Nosso corpo produz radicais livres como resultado do metabolismo e produção de energia. Eles são uma resposta biológica as toxinas ambientais como fumaça de cigarro, produtos químicos, luz solar, radiação cósmica, até mesmo das drogas farmacêuticas e também são produzidos quando nosso corpo tem inflamação ou se exercita.

Um radical livre é em parte um grande responsável pelo processo de oxidação biológica. Essas moléculas parciais procuram agressivamente substituir as partes que faltam atacando outras moléculas, reação chamada de oxidação, que é como uma ferrugem biológica, um exemplo de oxidação é quando cortamos uma maça e ela fica marrom.

Os radicais livres procuram roubar elétrons de muitas proteínas de nosso corpo, o que pode resultar em danos ao DNA e outras estruturas celulares, o que pode acarretar em um efeito de bola de neve, roubando elétrons da molécula vizinha, transformando-a em outro radical livre.

Podemos dividir estes radicais livres em 5 grupos:

  • Íon superoxido (o): Uma molécula de oxigênio com um elétron extra que pode danificar as mitocôndrias, DNA e outras moléculas;

  • Radical Hidroxila (OH): uma molécula altamente reativa formada pela redução de uma molécula e oxigênio, capaz de danificar quase qualquer molécula orgânica em sua vizinhança, inclusive proteínas e DNA;

  • Oxigênio SInglete: Formado pelo sistema imunológico e provoca a oxidação do LDL;

  • Peróxido de hidrogênio (H2O2): Não é um radical livre em si, mas facilmente se converte em radicais livres como OH, que então causa dano.

  • Espécies de nitrogênio Reativo (RNS): O acido nítrico é o mais importante RNS.

Esses vários tipos de radicais livres podem interromper a duplicação de DNA, interferir na manutenção do DNA, interferir na manutenção do DNA, quebrar a molécula, ou alterar a estrutura. Câncer, aterosclerose, Parkinson, Alzheimer e catarata são exemplos de doenças que acreditam serem resultado dos radicais livres.

Já o antioxidante é uma molécula capaz de inibir a oxidação de outra molécula, antioxidantes quebram a cadeia de reações dos radicais livres, sacrificando os próprios elétrons para alimentar radicais livres, sem se tornarem radicais livres.

Antioxidantes são a maneira natural do corpo defender as células contra oxidação. Exemplos são vitamina C, E, carotenos e ácido lipóico. Nosso corpo pode fabricar alguns antioxidantes, mas a produção tende a diminuir com a idade. Felizmente a maioria dos vegetais são carregados com fotoquímicos potentes que atuam como antioxidantes. Os vegetais que foram colhidos recentemente tem maior numero desses fotoquímicos, se ingerirmos vegetais que foram colhidos a algumas semanas, como é comum em supermercados, não estaremos aproveitando 100% do potencial que a comida pode oferecer.

Além de interromper ataques de radicais livres e derreter invasores tóxicos, os antioxidantes tem funções únicas e interessantes, como:

  • Reparar moléculas danificadas: Alguns antioxidantes únicos podem repara uma molécula danificada doando uma tomo de hidrogênio e isso é muito importante quando a molécula é critica como DNA;

  • Bloquear a produção radical de metal: Metais tóxicos como mercúrio e o arsênico catalisam a produção de radicais livres. Alguns antioxidantes, como chá verde, tem a capacidade de fazer com que nenhuma reação química aconteça com eles, isso se chama quelação. E ainda agente quelantes solúveis ajudam a transportar metais tóxicos para fora de seu corpo pela urina;

  • Estimula a expressão gênica e a produção de antioxidantes endógenos: Algumas substâncias tem a capacidade de estimular os genes do corpo para aumentar as defesas naturais;

  • Propriedades anticâncer: Alguns antioxidantes aumentam as substâncias químicas anticâncer, impedindo o crescimento do câncer e até forçando algumas células cancerígenas se auto-destruírem.

Outra dica importante é que além da dieta, exercício é importante para impulsionar a produção de antioxidantes endógenos.

Existem vários tipos de antioxidantes, por isso tente ter uma grande variedades de vegetais frescos em sua dieta. Se você não conseguir comer muito, tente fazer sucos de vegetais. E também reduzir a ingestão de açúcar irá diminuir o estresse antioxidante, fazendo com que você precise de menos antioxidantes e os presentes no corpo irão funcionar melhor e durarão mais.

O Emagrecimento Gorgeous, é o curso mais completo do mercado, que não é apenas uma dieta e sim uma reprogramação total, ele abrange diversos aspectos da sua vida para que você consiga ter hábitos mais saudáveis que apoiem a perda de peso naturalmente , sem passar fome ou se matar na academia.




Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados