• Ronaldo Gorga

DIMINUA A ANSIEDADE COM ESSES ALIMENTOS



Sempre que os níveis de estresse aumentam, algumas pessoas geralmente buscam aquele pacote de batatas fritas ou sorvete, o que é muito comum, as pessoas descontarem suas emoções na comida.

Embora você provavelmente se sinta bem depois de comer para afundar seus sentimentos, isso pode trazer prejuízos a longo prazo, podendo resultar em compulsão alimentar, incapacidade de se concentrar na situação que desencadeia esses hábitos não saudáveis e ganho de peso.

Estar ansioso não é uma desculpa para você ser imprudente com sua alimentação. Da próxima vez que você estiver ansioso, opte por esses alimentos que vão ajudar a aliviar o estresse:

  • Legumes verdes: Esses vegetais contem folato que produz dopamina que é um neurotransmissor cerebral que induz o prazer, ajudando a manter a calma.

  • Ômega 3: Além de inibir sintomas iniciais da depressão, também reduz 20% a ansiedade.

  • Amoras: possuem antocianinas que são antioxidantes que auxiliam o cérebro na produção de dopamina.

  • Banana: São fontes de dopamina além de ser rica em vitamina B que acalma o sistema nervoso;

  • Chocolate amargo: o chocolate amargo pode ser muito benéfico para seu humor, pois contém anandamida ;

  • Chás: incorporar chás na sua rotina diária pode ser calmante a longo prazo;

  • Kiwis: eles contém mais de 85% da quantidade diária recomendada de vitamina C, A maioria das pessoas tende a se associar à vitamina C com o combate a infecções, mas elas também podem ser boas para os níveis de estresse do seu corpo.

  • Alimentos fermentados: Estes alimentos são ricos em probióticos que ajudam a melhorar a saúde e o humor do cérebro.

Um fato curioso sobre a alimentação e ansiedade é que a cafeína é definia como uma bebida que pode aumentar os sintomas relacionados ao estresse, no entanto, isso não significa que você deve se privar de cafeína. De fato, uma xícara de café preto orgânico sem adição de cremes, açúcares ou adoçantes pode ser útil para pacientes com ansiedade. Uma xícara de café pode afetar positivamente a saúde do cérebro, já que a cafeína aumenta a produção de neurotransmissores como a serotonina, a dopamina e a noradrenalina, que podem ser úteis no controle do humor.

Enquanto você deve consumir os alimentos citados acima, existem 3 tipos de alimentos que devemos ficar longe se diagnosticado com distúrbio de ansiedade:

· Açúcar: consumir muito açúcar pode causar alterações de humor, mas isso não é tudo, pois a ingestão de açúcares refinados pode desempenhar um papel na resistência à insulina e à leptina e à sinalização prejudicada que pode afetar sua saúde mental.

· Glúten: esta proteína encontrada em grãos como trigo, centeio e cevada tem impacto comprovado no seu humor e na saúde do cérebro. Vários estudos mostraram uma forte conexão entre comer uma dieta cheia de glúten e outras doenças mentais, como depressão e esquizofrenia. E ainda o trigo impede a produção de serotonina. Ao contrário da crença popular, a maior parte do suprimento de serotonina no seu corpo está nos intestinos e não no cérebro, de modo que o impacto dos efeitos colaterais negativos do trigo é sentido quase imediatamente pela flora intestinal

· Alimentos processados: Estes alimentos geralmente são feitos com açúcar e / ou glúten, combinados com outros ingredientes nocivos, como gorduras trans, adoçantes artificiais e cores, glutamato monossódico e ingredientes sintéticos. Uma combinação potente destes ingredientes pode causar irritabilidade e mau humor.

#saúde

Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados