• Ronaldo Gorga

O VÍCIO DA INTERNET É PREOCUPANTE? COMO VENCÊ-LO?



Não precisamos ir tão longe para ver algum mexendo no celular, provavelmente você está lendo isso com seu celular na mão. A sociedade moderna está cada vez mais viciada em celulares e internet, mas ninguém parece mostrar interesse para entender as consequências dessa exposição a longo prazo a um campo eletromagnético.


Além disso os avanços tecnológicos que foram pensados para trazer mais praticidade e agilidade para nossa vida, estão fazendo mal para a saúde psicológica de muitos, especialmente para os mais jovens.


Os celulares, mudaram o modo com que a sociedade interagem socialmente, o que tem desdobramentos ruins para o lado psicológico e as crianças de hoje em dia estão conectadas cada vez mais cedo. Esse comportamento faz com que os jovens cresçam na solidão do próprio quarto com a cara em um celular, além dos problemas psicológicos, isso pode afetar a cognição e o foco, já que é uma fonte constante de distração.


As pessoas passam tanto tempo imersas em seu celulares que ficam alheia ao ambiente ao seu redor, deixam de realizar atividades mais produtivas, mas mesmo assim as pessoas consideram o celular como uma necessidade e não uma conveniência.


Os desenvolvedores de aplicativos buscam sempre estratégias para lhe viciar, fazendo com que gastemos mais tempo do que deveríamos nos aplicativos, você não acredita?


Algumas dessas ferramentas para criar um hábito em utilizar aplicativos incluem:


  • Ganhos para lhe segurar: Pode ser uma notificação de "parabéns" ou em redes sociais conseguir like ou capacidade de ganhar seguidores é um gancho para o vício.

  • Recompensa variável: Essa incerteza de quantas curtidas terá sua postagem ou quantos seguidores irá conseguir fazem com que nossa mente construa hábitos cada vez mais viciantes.

  • Rolagem infinita: É uma estratégia usada pelas redes sociais que garante um fluxo interminável de conteúdo e comentários fazendo com que você continua rolando sem fim.


Essas técnicas para enganar nosso cérebro levaram 6% da população mundial lutar contra vício na internet em 2014, rivalizando com o vicio em drogas ilícitas. O abuso e uso excessivo de celulares pode levar a distúrbios do sono, ansiedade, estresse e depressão, bem como ao aumento da exposição à radiação do campo eletromagnético.


As taxas de depressão e suicido entre os jovens aumentou drasticamente desde 2011 além disso dados sugerem que gastar 3 horas ou mais por dia na internet pode aumentar o risco de suicídio entre essa geração em até 35%. Gastar 10 horas ou mais em mídias sociais semanalmente está associado a um risco maior de 56% de sentir-se infeliz em comparação a quem usa menos.


Muitas vezes é difícil perceber que estamos viciados em celulares ou internet, pois os sintomas são mais socialmente aceitos. Segundo estudos o vício em internet por trazer problemas psicológicos como:


  • Depressão;

  • Isolamento social;

  • Tédio com tarefas rotineiras;

  • Desonestidade;

  • Ansiedade;

  • Medo;

  • Mudanças de humor;

  • Euforia ao ficar online;

  • Procrastinação ou incapacidade de priorizar tarefas, manter horários;


Já os sintomas físicos são:


  • Dor nas costas ou pescoço;

  • Dor de cabeça;

  • Olhos secos;

  • Problemas de visão;

  • Insônia;

  • Ganho de peso.


Entender como o celular e aplicativos são desenvolvidos para segurar nossa atenção é o primeiro passo para se libertar do vício e outra dia simples todos conseguirem aos poucos evitarem o vicio na internet é: Desativar as notificações do celular. Isso elimina muitas distrações no seu dia e fará com que você consiga se concentrar nos seus afazeres do dia a dia.




Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados