• Ronaldo Gorga

COMO SABER SE ESTOU TREINANDO EM EXCESSO?



Sempre temos que tomar cuidado com excessos, até excesso de hábitos saudáveis podem ser ruins. Enquanto grande parte da população é sedentária, uma vez que você começa a praticar qualquer atividade física pode ser viciante e algumas pessoas acabam se exercitando demais, seja muito intensamente ou com muita frequência.

Uma parte importante para ter um condicionamento bom é se recuperar, é uma equação simples, a medida que a intensidade aumenta, a frequência pode ser diminuída.

Por exemplo, um iniciante fraco pode fazer exercícios de alta intensidade três vezes por semana e não colocar muito estresse no seu corpo mas uma vez que a resistência e força dele melhorem, a cada sessão ele estará colocando mais estresse em seu corpo (contando que ele continue se esforçando ao máximo). Nesse ponto é sensato reduzir a frequência para dar tempo o suficiente do corpo se recuperar entre os treinos e continuar produtivo.

Não sabe se você está fazendo exercícios em excesso? fique atento a esses sinais que na maioria das vezes são negligenciados:

  • O exercício te deixa exausto e não energizado;

  • Quando você fique doente fácil ou demora para se recuperar;

  • Problemas com sono;

  • Pernas pesadas;

  • Quando você fica dolorido regularmente;

  • Fica irritado facilmente.

Como eu disse acima, quando o treino é de alta intensidade é recomendado um tempo para se recuperar, portanto não pratique treinos de alta intensidade mais de 3 vezes por semana. Se o corpo não tiver tempo de se recuperar e reconstruir totalmente, nossos esforços não trarão benefícios.

A chave principal aqui, é ouvir seu corpo, prestar atenção em se recuperar quando forçar muito seu corpo. Do mesmo jeito que com treino aumentamos nossa intensidade, o nosso condicionamento vai melhorar também, porém devemos dar o devido descanso para nosso corpo.

Como mencionado anteriormente, fazer um treinamento intervalado de alta intensidade mais de três vezes por semana pode sair pela culatra e se tornar contraproducente. Isso ocorre porque, quando você trabalha com fibras de contração rápida, leva cerca de 48 horas para que a fibra se recupere e se recupere totalmente. Isso é o dobro do tempo de recuperação necessário para exercícios longos e lentos, que funcionam apenas com fibras de contração lenta. Estes normalmente podem curar em apenas um dia.

Uma dica que eu dou é não se apegar em nenhum programa de treinamento e sim se adaptar conforme seu corpo precisa, a medida que seu treino e condicionamento avançam. Se você está se sentindo ótimo e tem muita energia, isso provavelmente é um bom sinal de que você não está se exercitando demais. Mas você conhece seu corpo melhor do que a maioria e se você sabe que isso é um risco para você, então implemente os cuidados que eu aconselho. No entanto, se você sabe que nunca vai se esforçar tanto, então você precisa ignorar o princípio da precaução até que tenha se esforçado o suficiente.

Enquanto exercícios de alta intensidade alcançam maiores benefícios em um menor intervalo de tempo em comparação com exercícios lentos e de resistência como correr é importante não se limitar a apenas este tipo de exercícios. Se você quer otimizar sua saúde é importante realizar um programa de exercícios variados, com exercícios de força, aeróbicos, alongamentos, entre outros.

Os exercícios de alta intensidade alcançam maiores benefícios pois eles causam picos na produção do hormônio de crescimento (GH), no entanto quando você já está acostumado com treino, você não precisa de picos frequentes desse hormônio.

Quando praticado em excesso o exercícios pode invés de maximizar seus resultados, ele faz com que a glândula adrenal tenha m surto de cortisol e te atrapalhar a conseguir seus objetivos

#atividadesfísicas

Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados