• Ronaldo Gorga

PROBLEMAS DE PELE CAUSADOS PELE GLÚTEN



Saiba que mesmo quando estamos fazendo uma rotina de cuidados para a pele, há outros aspectos, como o sanduíche que comemos no almoço pode estar causando danos em nossa pele.

A pele é nosso maior órgão do corpo, é responsável pelo controle de temperatura, protege e excreta toxinas, entre outros. Ela não é apenas uma cobertura para os órgãos internos, ela é cheia de sistema de nervos, glândulas e camadas de células que desempenham um papel fundamental na saúde e bem-estar.

Se você quiser proteger sua pele, envelhecer e se manter belo, está na hora de você cuidar da sua pele da mesma maneira que cuida da sua saúde. Em outras palavras comece a prestar atenção na sua alimentação para ter uma pele saudável e bonita.

Portanto hoje irei abordar uma substância que devemos evitar para além de ter saúde, evitar o ganho de peso, ela pode acabar com nossa pele, o glúten. Ele interfere numa pele saudável, contribuindo para surtos de psoríase e eczema.

Hoje sabemos que a sensibilidade extrema ao glúten, doença celíaca, afeta as pessoas de maneira diferente, mais de 200 sintomas foram atribuídos à essa condição.E cada vez mais está crescendo o numero de pessoas com está condição e também sensibilidade ao glúten.

Nós não conseguimos digerir o glúten por completo, o nosso sistema imunológico entende o glúten como um componente das bactérias e implanta armas para atacá-los, criando a inflamação.

Além de todos os problemas que o glúten pode causar em nossa saúde, existem certas

condições de pele que podem ser desencadeada pelo glúten, como:

  • Acne: O tipo de sintomas entre sensibilidade ao glúten e da doença celíaca são diferentes porém ambos incluem o aumento da acne na idade adulta, pois há uma ligação entre o que comemos e nossa saúde da pele. O glúten afeta os níveis de açúcar no sangue e liberação de insulina, podendo aumentar a secreção de hormônios masculinos que aumentam a produção de sebo e assim aumentando a acne.

  • Dermatite Atópica: Pesquisas mostraram que a dermatite atópica é 3 vezes mais provável em pessoas com doença celíaca e 2 vezes mais provável em famílias que tem membros com doença celíaca.

  • Psoríase e eczema: A psoríase é desconfortável e desfiguraste, enquanto o eczema é uma gama de erupções cutâneas diferentes que são coceira, vermelhidão e seco. A eczema é causada em pare por uma resposta alérgica e muitas vezes ligado a outras reações alérgicas como asma, rinite e refluxo gástrico,já a psoríase afeta grande áreas da nossa pele e é uma reação imunitária ligada as proteínas do grão, nomeada gliadina. Um estudo feito na Inglaterra mostrou que essas condições melhoraram quando os pacientes tiveram uma alimentação sem glúten.

  • Estomatite aftosa recorrente: Embora sejam semelhante esteticamente essas ulceras na boca ou aftas não estão relacionadas a herpes labial, podendo causar um aborrecimento causando dores que atrapalham a alimentação e fala. Esse quadro é um dos sintomas visual da sensibilidade ao glúten e doença celíaca.

  • Vitiligo: Essa condição, o pigmento da pele é perdido, causando manchas brancas, embora não seja perigoso, ela pode causar efeitos negativos na vida de uma pessoa. Pessoas com vitiligo que param de comer glúten conseguem uma repigmentação parcial mais rápida. Portanto uma dieta sem glúten deve ser incluído como tratamento para vitiligo.




Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados