• Ronaldo Gorga

COMO PREVENIR O CÂNCER DE MAMA



O câncer de mama é mais comum entre mulheres, as chances de uma mulher ter este tipo de câncer é de 1 em 8. Mulheres obesas tem até 60% mais chances de desenvolver câncer de mama, por isso se você é mulher dedique-se em melhorar sua alimentação e praticar mais atividades físicas.

Dizem que se você teve alguém em sua família com câncer se mama, isto irá aumentar as suas chances de desenvolver esta doença, porém apenas cerca de 20 a 30% das mulheres diagnosticadas com câncer tem um histórico familiar relacionado a mesma doença.

A chave para lembrar é que não são nossos genes que ditam nossa saúde, mas sim a expressão deles, temos a capacidade de ativar e desativar genes com nosso estilo de vida e estado emocional.

Portanto se sua mãe ou irmã sofreu de câncer de mama, isso não significa que você está fadado ao mesmo destino. Como provado cada um de nossos genes podem criar até 30.000 proteínas e todas elas criam um resultado diferente. O que ativa ou suprime nossos genes é nosso estilo de vida.

Isto quer dizer que mudanças devem ser feitas no estilo de vida para que os genes se expressem de uma maneira positiva e combatam doenças. Mas qual mudanças devem ser feitas?

Além de uma dieta saudável, exercícios físicos, exposição solar adequada e gerenciar a saúde emocional são os pilares para qualquer programa de prevenção de câncer, porém para o câncer de mama, podemos ser mais específicos.

Essa vitamina é um hormônio esteroide que influencia as células do nosso corpo, é um dos mais potentes combatentes do câncer. Ela entra nas células cancerígenas e desencadeia a apoptose, que é a morte dessas células.


De acordo com um estudo cerca de 600 mil casos de câncer de mama e colo renal poderiam ser prevenidos se a população tivesse níveis de vitamina D otimizados.

  • Melhore a sensibilidade à insulina

A melhor maneira de fazer isso é praticando atividades físicas regularmente. A maioria de nós precisamos de 5 a 8 horas de exercícios por semana para otimizar o receptor de insulina.

  • Mantenha o peso corporal

É importante perder o excesso de peso porque o estrogênio, um hormônio produzido pelo tecido adiposo, pode desencadear o câncer de mama. Para quem tem dificuldade de perder peso, criamos o Emagrecimento Gorgeous, um curso completo tem intuito acabar com o problema pela raiz, mudando estilo de vida, alimentação e muito mais para você não voltar a engordar com o tempo.



Um exemplo é o óleo de krill, a deficiência de ômega-3 é um fator subjacente comum para o câncer.

  • Evite bebidas alcoólicas ou limite para um copo por dia

  • Amamente por até 6 meses

Pesquisas mostram que isso reduzirá o risco de câncer de mama


Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados