• Ronaldo Gorga

ÓLEOS ESSENCIAIS PARA TRATAMENTO DE ENXAQUECA



Se você nunca sofreu de enxaqueca, com certeza uma dor de cabeça já limitou você de alguma situação. Especificamente falando da enxaqueca, as dores resultam em alterações especificas no cérebro e a dor quase sempre se concentra em um lado da cabeça, causando uma sensação de "pancada" que piora com o esforço físico.


No entanto, às vezes os dois lados da cabeça podem ser atingidos, envolvendo a sensibilidade a luz e/ou som, dor ocular, náusea e até vômito. As enxaquecas variam de 4 a 72 horas e podem ser desencadeadas por estresse, alterações hormonais, falta de sono, estresse, desidratação, bebida alcoólica, cigarro, deficiência de magnésio, consumo de glutamato monossódico e muitos outros fatores.


Como mencionado acima existem vários sintomas de enxaqueca e um estudo feito com quase 4.000 pessoas permitiu os sintomas mais comuns fossem divididos em porcentagens:


  • Dor latejante e pulsante - 85%

  • Dor de um lado - 59%

  • Sensibilidade à luz - 80%

  • Visão turva - 44%

  • Sensibilidade sonora - 76%

  • Náusea - 73%

  • Vômitos - 29%



Se você tem enxaqueca seja ocasional ou frequente, a dor é ruim o suficiente para considerar qualquer cura pois esses sintomas podem ser muito limitantes: compressas quentes, massagens na cabeça ou medicamentos. Mas e se eu disser que o alivio pode vir de algo mais natural, extraído de compostos vegetais poderosos? Sim, estou falando dos óleos essenciais que são usados desde antigas culturas egípcias, chinesas e das Índias orientais, cerca de 6.00 anos.


Lembre-se que antes de aplicar topicamente os óleos essenciais, você deve diluí-los primeiro com um óleo transportador suave e seguro como óleo de coco, amêndoa ou de jojoba. Ultimamente esses óleos vem ganhando muita popularidade, seus benefícios são comprovados não apenas de forma anedótica mas em ensaios clínicos, como:


  • Aliar dores;

  • Aliviar náuseas;

  • Relaxar os músculos;

  • Melhorar qualidade de sono;

  • Reduzir inflamação;

  • Reduzir estresse.


Para aliviar enxaquecas e dores de cabeça, há diferentes maneiras de usar os óleos essenciais, incluindo algumas gotas de chá, aplicar ou massagear o óleo nos pontos problemáticos e inalar a fragrância. A redução da frequência e gravidade das enxaquecas foi alcançada pelo uso contínuo durante dias, semanas e meses.


Aqui fiz uma lista dos 4 óleos essenciais mais eficazes para aliviar sintomas variados de enxaqueca.


  • Óleo essencial de hortelã-pimenta

Esse óleo contém mentol o que alivia a dor e relaxa os músculos. Para aplicação tópica, dilua 2 ou 3 gotas de óleo de hortelã-pimenta com 1 ou 2 gotas de óleo de coco para aliviar as náuseas, associadas as enxaquecas. Esfregue o óleo na parte de trás do pescoço, testa e ombros. Além disso esse óleo pode ser benéfico para um serie de doenças incluindo articulações inchadas, depressão, indigestão, insônia, dor muscular, problemas respiratórios, doenças de pele.


  • Óleo de lavanda

Ajuda com a dor da enxaqueca e é combate a inflamação que a exacerba. Parte do mecanismo é sua capacidade de dilatar os vasos sanguíneos pressurizados. A lavanda também melhora o sono e reduz o estresse, que são gatilhos para enxaqueca. Para aromaterapia adicione 5 a 10 gotas de óleo de lavanda em uma tigela com água morna, você pode cobrir a cabeça com uma toalha para aproveitar ao máximo, respirando o vapor. Você também pode usar algumas gotas diluídas para massagear atrás das orelhas, têmporas e nuca.


  • Óleo essencial de eucalipto

Este óleo é para vários tipos de dor de cabeça, mas é mais considerado eficaz para pessoas que sofrem de dores de cabeça devido a sinusite crônica. A inalação deste óleo pode aliviar a dor e diminuir inflamação. Misture 1 gota com uma colher de chá de óleo transportador, massageie o peito, as têmporas e a testa.


  • Óleo essencial de camomila

É eficaz para enxaqueca pois reduz a inflamação, além de aliviar sintomas de estresse e ansiedade. Dilua algumas gotas desse óleo com óleo transportados para massagear as têmporas e a testa ou inale para tratar a dor de cabeça latejante.


Antes de usar estes óleos certifique-se você não é alérgico. E tome nota óleos como os mencionados acima possam ter efeitos terapêuticos, eles não são curas instantâneas nem substituem a nutrição ideal e um estilo de vida saudável.



Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados