• Ronaldo Gorga

O QUE TEM NO HAMBÚRGUER DO MCDONALD'S ?



Quando se fala em fast food, impossível não pensar me McDonald’s, o M amarelo é tão conhecido no mundo que algumas crianças o reconhecem antes mesmo de aprender a ler. Esta empresa serve cerca de 69 milhões de pessoas por dia.

A comida principal do seu cardápio é o hambúrguer, o McDonald’s vende cerca de 75 hambúrgueres a cada segundo, que daria 2.36 bilhões por ano. Para muitas pessoas, nada parece errado em comer um hambúrguer do McDonald's. Afinal, parece e tem o mesmo sabor de outros hambúrgueres, e a conveniência acrescida faz com que seja uma refeição muito procurada para pessoas ocupadas, aquelas que estão em movimento ou aquelas que simplesmente não têm tempo para cozinhar. em casa.

Você costuma comer no McDonald’s? já parou para pensar como os hambúrgueres são feitos?

Há diversos relatos que os hambúrgueres deles não se decompõem ou apodrecem mesmo se guardados por meses depois de terem sido preparados. Alegam que isso acontece pois o hambúrguer e pão ficam muito seco por isso quando guardado ele perde mais água, assim ele fica com aparência seca e não podre, mas mesmo assim devemos ficar de olho na composição de seus hambúrgueres.

Segundo o site do McDonald’s o único ingrediente em seu hambúrguer é a carne 100% bovina, temperada e sem enchimentos. Porém é difícil de acreditar que um hambúrguer que fica conservado por tanto tempo não utiliza nenhum tipo de conservante.

A vida longa do hambúrguer pode ser dada pelo grande quantidade de sódio (sal é um conservante que vem sido usado há muito tempo) mas e o pão? Você já ouviu falar em pão que permanece muito tempo sem mofar?

Isso pode se dar porque o pão deste fast food está longe de ser igual o pão que fazemos em casa, é só olhar seus ingredientes para comprovar isso:

“Farinha Branqueada Enriquecida (Farinha de Trigo, Farinha de Cevada Maldita, Niacina, Ferro Reduzido, Mononitrato de Tiamina, Riboflavina, Ácido Fólico), Água, Xarope de Milho com Elevada Frutose, Levedura, Óleo de Soja, Contém 2% ou Menos: Sal, Glúten de Trigo, Fermentação (Sulfato de cálcio, sulfato de amônio), pode conter um ou mais condicionadores de massa (Estearoil Lactilato de sódio, DATEM, ácido ascórbico, azodicarbonamida, mono e diglicéridos, fosfato monocálcico, enzimas, peróxido de cálcio), propionato de cálcio (conservante).”

Estes ingredientes oferecem pistas de o porquê os hambúrgueres duram tanto tempo, Mas o que é mais alarmante é que eles também podem abrir os olhos para as potenciais ramificações de saúde que você pode sentir se comer um hambúrguer do McDonald's. Por exemplo, o sulfato de cálcio, pode causar problemas digestivos. Enquanto isso, o sulfato de amônio é conhecido por causar náusea, vômito e diarreia devido à irritação gastrintestinal.

O problema do McDonald”s não fica só no hambúrguer não, o seu chicken nuggets tem apenas 50% de frango, os outros 50% são má mistura de derivados de milho, açúcares e ingredientes completamente sintéticos.

Você provavelmente já ouviu falar de "SuperSize Me", um documentário onde o cineasta Morgan Spurlock documentou as conseqüências de comer uma dieta estritamente McDonalds. Depois de apenas quatro semanas comendo nada além de fast food, a saúde de Spurlock deteriorou-se a tal ponto que seu médico o advertiu para parar o experimento ou ele estaria colocando sua vida em grave perigo.

ecentemente, Tim Spector, professor de epidemiologia genética no King's College, em Londres, queria aprender o que acontece com seu intestino se você comesse apenas McDonald's por 10 dias consecutivos. Seu filho, Tom, concordou em fazer o experimento e enviou amostras de fezes para diferentes laboratórios durante o período de dez dias.

O s resultados foram surpreendentes. Após apenas 10 dias comendo fast food, suas amostras de fezes revelaram que seus micróbios intestinais estavam "devastados" - cerca de 40% de suas espécies de bactérias, totalizando mais de 1.400 tipos diferentes, foram perdidos. Esta grave perda de diversidade microbiana é um fator de risco para obesidade e diabetes.

Seu intestino é seu segundo cérebro, e é na verdade onde 80% do seu sistema imunológico está. Existem quase 100 trilhões de bactérias, fungos, vírus e outros microorganismos, bons e ruins, que compõem a microflora de seu corpo. Esses organismos desempenham um papel crucial na sua saúde mental e física, e se você perturbar esse delicado equilíbrio, você se torna predisposto a uma ampla gama de problemas de saúde.

Por mais que fast foods e aliementos processados podem ser mais baratos e mais convenientes, mas são excessivamente ricos em açúcares, grãos e carnes industrializadas - uma receita para doenças crônicas, como obesidade, diabetes e doenças cardíacas. Eles podem causar no seu corpo:

· Carrega seu corpo com calorias extras que não fazem nada de bom para seu corpo;

· Expõe você a produtos químicos, tóxicos e sabores artificiais;

· Pode prejudicar seus filhos, pois o corpo ainda esta em desenvolvimento e precisa de mais nutrientes.

#alimentação

Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados