• Ronaldo Gorga

VOCÊ SABE O QUE É GLÚTEN?



Ultimamente nos temos ouvido muito a palavra glúten, porque vários artistas começaram dietas sem glúten, assim os alimentos que não contém essa substancia ganharam popularidade. Mas você realmente sabe o que é glúten e quais os efeitos negativos dele em nosso corpo e saúde?

O glúten é uma proteína feita de glutenina e moléculas de gliadina que formam uma ligação elástica na presença de água. As propriedades adesivas encontradas no glúten são responsáveis por dar liga em pães e bolos, dando uma textura mais esponjosa a eles, o que não é surpreendente porque a palavra glúten deriva da palavra inglesa “glue” que significa cola.

Enquanto o glúten faz maravilhas para esses alimentos, o mesmo não pode ser dito para o seu corpo. O glúten interfere na decomposição e absorção dos alimentos, mesmo daqueles sem glúten, o que forma um caroço constipante na parede do intestino que impede uma digestão adequada. Depois todo o glúten que não foi digerido pelo nosso corpo faz o sistema imunológico atacar o revestimento do intestino delgado, causando diarreias, constipação, náusea e dor abdominal.

O consumo de glúten também aumenta a predisposição a inflamações no intestino delgado, o que acarreta em uma má absorção de nutrientes, anemia e até osteoporose. Os problemas não param por aí, um intestino quando danificado torna a pessoa suscetível a doenças neurológicas ou psicológicas, complicações ligadas a pele, fígado e sistema nervoso.

Como vimos o glúten faz muito mal a nossa saúde, por isso evite comidas que contem essa substancia, como:

  • Grãos integrais;

  • Alimentos à base de trigo;

  • Macarrão;

  • Bolachas;

  • Molhos;

  • Cerveja;

  • Alimentos fritos;

  • Salgadinhos;

  • Casquinha do sorvete;

  • Doces.

Além de não comer porque faz mal a nossa saúde existem pessoas quem tem alergia, e outras intolerância a glúten, não confunda os dois, cada um é diferente do outro. Por exemplo alergia é quando o sistema imunológico desenvolve maneiras de atacar o glúten no seu organismo, causando desde tosse, asma, inchaço de língua e garganta até vômitos, dores abdominais, espasmos musculares e diarreia. Dependendo do nível de alergia pode desencadear um choque anafilático que podem afetar diferentes órgãos, podendo levar ate a morte se a reação for muito severa.

Já intolerância é quando o sistema imunológico tem uma resposta anormal ao glúten, a raiz da causa dessa intolerância ainda não é totalmente entendida mas pessoas com intolerância costumam sentir inchaço e dor de barriga, diarreia além de um cansaço e sensação de mal estar até ansiedade e dor de cabeça.

Se você conhece alguém com estes sintomas, procure um profissional especializado, para determinar se realmente é intolerância ou os sintomas são por outros motivos. Em certas situações o diagnostico pode ser mais difícil pois vários sintomas ligados ao intestino podem ser de ouras doenças.

Para combater estes problemas ou simplesmente por ter uma vida saudável é indicado realizar dieta sem glúten. Para isso olhe sempre os rótulos dos alimentos, muitos não contem glúten naturalmente, já outros tem ele removido. Porém todo cuidado é pouco, pois empresas vem escondendo glúten atrás de outros nomes como malte, amidos, proteína vegetal hidrolisada, proteína vegetal texturizada e aromas naturais.

Antes de realizar uma dieta sem glúten procure um nutricionista para conseguir evitar com eficácia os alimentos com glúten enquanto faz uma dieta saudável e equilibrada. Se você começar uma dieta assim, de preferência a estes alimentos:

  • Feijão;

  • Grão de bico;

  • Sementes;

  • Nozes;

  • Ovos caipiras orgânicos;

  • Peixes;

  • Frutas e vegetais orgânicos;

  • Leite;

  • Óleo de coco.

Referências

“What Foods Have Gluten?,” American Diabetes Association, March 11, 2014

“Gluten Intolerance,” American Academy of Allergy Asthma & Immunology

“Gluten-Free Food: What to Eat and Avoid,” Gluten-Free Survival Guide


Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados