• Ronaldo Gorga

ALIMENTOS QUE ABAIXAM O NÍVEL DE AÇÚCAR NO SANGUE?



Você é diabético ou está com problemas metabólicos? Aqui vou listar algumas comidas low-carb que pode ajudar a controlar o nível de açúcar no sangue.

Cada uma dessas comidas tem seus próprios atributos que ajudam a estabilizar o açúcar no sangue.

1. Peixe gordo com baixo teor de mercúrio: Os alimentos provenientes do mar oferecem o DHA, portanto escolha peixes como salmão, sardinhas, anchovas e arenque. Lembre-se de evitar peixes criados em cativeiros pois eles podem ser contaminados e ainda não ter a a mesma quantidade de nutrientes por serem alimentados com ração.

2.Abacate: Está fruta é uma fonte saudável de gorduras boas, fibras, cerca de 20 vitaminas diferentes e magnésio que ajuda a controlar o açúcar no sangue.

3. Sementes: Semente de chia, girassol, cominho preto e sementes de abobora contém magnésio, um elemento importante na gestão da resistência à insulina e glicose no metabolismo.

4.Fibras em forma de frutas e vegetais frescos: O aumento da ingestão de fibras melhora a glicemia, leptina e a sensibilidade à insulina. Uma das melhores fontes de fibras incluem couve-flor, brócolis e alcachofra.

5. Nozes: Nozes está associada com menor peso corporal o que é útil para manter os níveis normais de açúcar no sangue. São ricas em fibras e gorduras boas.

6.Espinafre: Além do magnésio, o espinafre é uma excelente fonte de potássio, cujo níveis baixos tem sido associado a associados a risco de diabetes.

7. Morangos: A fisetina, uma substancia encontrada no morango, previne complicações renais e cerebrais. Porém certifique-se de comer morangos orgânicos e não exagerar na quantidade.

8. Gengibre: Ele pode reduzir o açúcar no sangue em jejum, pois tem uma capacidade anti-inflamatória.

Em geral, consumir fibras ajudam a manter um nível estável de açúcar no sangue. Alimentos ricos nessas fibras são banana, mamão, manga, lentilha e sementes.




Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados