• Ronaldo Gorga

COPOS PLÁSTICOS PODE ESTAR NOS DEIXANDO DOENTES



Se você tem costume de tomar café em copos de plástico pare agora mesmo.

Nos copos de plástico e em outros objetos de plásticos presentes em nossa rotina, contém um composto usado na produção chamado Bisfenol A (BPA). Quando colocamos bebidas com temperaturas elevadas no copo, o BPA é liberado 55 vezes mais rapidamente do que com líquidos em temperatura ambiente.

O BPA é um disruptor endócrino que imita os hormônios naturais do corpo, confundindo nosso organismo, o que pode afetar a reprodução e até no desenvolvimento do cérebro.

Mas um fato interessante sobre essa pesquisa que essa liberação maior de BPA continuou mesmo depois que o liquido quente foi removido, então mesmo que depois de lavar o copo ou garrafa plástica isso poderia aumentar o numero de BPA em bebidas frias. O problema do Bisfenol A é que ele não fica no plástico, ele intoxica qualquer alimento ou liquido que você coloque no recipiente plástico.

O BPA imita o hormônio sexual estrógeno, que pode desencadear mudanças em seu corpo, dos 115 estudos em animais publicados, 81% encontraram efeitos significativos, mesmo com baixa exposição ao BPA, curiosamente nenhum dos 11 estudos financiados pela indústria encontraram efeitos significativos, enquanto 90% dos estudos financiados pelo governo achara.

Altas exposições ao bisfenol A pode causar:

  • Dano estrutural ao cérebro;

  • Hiperatividade;

  • Aumento da agressividade;

  • Aumento da gordura e do risco de obesidade;

  • Câncer de próstata e mama;

  • Diminuição da produção de espermatozoide;

  • Puberdade precoce;

  • Déficit de atenção;

  • Modificação no desenvolvimento de órgãos sexuais internos;

  • Síndrome dos ovários policísticos.

Mulheres em idade fértil devem tomar mais cuidado ainda com essa exposição ao BPA, pois pode ocasionar em danos genéticos, devido ao BPA causar erros cromossômicos, que em fetos podem levar a abortos espontâneos.

Sendo sincero, provavelmente você não consiga eliminar 100% sua exposição ao BPA mas você pode reduzi-lo com essas dicas:

  • Utilize mamadeiras de pratos de vidro para seu bebê;

  • De ao seu bebê brinquedos de tecido natural e não de plástico;

  • Guarde seus alimentos e bebidas em recipientes de vidro;

  • Não utilize recipientes de plásticos em micro-ondas;

  • Pare de consumir alimentos e bebidas enlatadas;

  • Evite usar plástico filme;

  • Antes de colocar um selante dental peça para seu dentista se certificar que não há BPA nele.

O BPA supostamente não fica no seu corpo por muito tempo depois de exposto, no entanto esse produto químico é tão difundido que cientistas acreditam quem as pessoas estão sendo expostas a ele pela comida, ar, até mesmo tocando em objetos que possuem BPA. Além de limitar sua exposição continua, uma ótima escolha é realizar um programa de desintoxicação, especialmente se está planejando uma gravidez.

Para se desintoxicar do bisfenol A estimule seu fluxo sanguíneo, assim ajudando o fígado e rins a melhorar sua filtragem. Aumente a eliminação de toxina através da pele realizando sauna regularmente, também pratique exercícios físicos para fortalecer seu pulmão que é um mecanismo vital para a desintoxicação.


Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados