top of page
  • Foto do escritorRonaldo Gorga

Como prevenir a ACNE


Resumo da Matéria: Por volta de 80% da população enfrenta episódios de acne entre os 11 e 25 anos, e uma porcentagem ainda lida com espinhas após os 40 anos. Ao enfrentar um surto de acne, experimente uma destas abordagens para tratar o problema.









Em algum momento da vida, muitas pessoas podem ter enfrentado dificuldades ao lidar com a acne, uma condição de pele caracterizada pela obstrução dos poros devido ao excesso de óleo produzido pelas glândulas sebáceas, resultando na formação de espinhas no rosto ou em outras áreas do corpo.


Motivos e tipos de cicatrizes de acne:


Existem seis tipos de lesões de acne, variando em aparência e profundidade. Cravos, espinhas, pústulas, nódulos e espinhas císticas são exemplos. As cicatrizes de acne frequentemente são causadas pelos três últimos tipos, que podem penetrar na pele e danificar o tecido dérmico saudável.

As cicatrizes de acne se formam devido ao aumento da produção de colágeno, que auxilia na cicatrização da pele. No entanto, o excesso de colágeno resulta em cicatrizes elevadas na pele, conhecidas como cicatrizes hipertróficas.

Além disso, as cicatrizes de acne também podem surgir devido à perda ou dano do colágeno, chamadas de cicatrizes atróficas, que se diferenciam das cicatrizes hipertróficas em sua aparência, apresentando pequenas depressões na pele e, por vezes, adquirindo uma tonalidade mais escura em relação à pele circundante. Além desses dois tipos, aqui estão outros exemplos de cicatrizes de acne que podem ocorrer:

  1. Marcas de pontos — Originadas de cravos devido à obstrução dos poros causada por oleosidade e sujeira na pele, resultando em inflamação devido a pus e bactérias, essas marcas causam depressões estreitas e profundas na área devido à pressão exercida sobre a pele e os tecidos adjacentes.

  2. Cicatrizes tipo boxcar — Estas cicatrizes surgem devido a espinhas que danificam a estrutura da pele circundante, resultando em cicatrizes em forma de "U" com bordas bem definidas e diâmetro maior que as marcas de pontos. Elas são frequentemente encontradas nas bochechas e têmporas.

  3. Cicatrizes arredondadas — Recebem esse nome devido à sua aparência e são causadas pelo desenvolvimento de camadas de tecido sob a pele, causando enrugamento. Geralmente, essas cicatrizes são amplas e rasas.



As cicatrizes de acne também podem ser provocadas pelo hábito de espremer espinhas com frequência, o que causa danos significativos à pele circundante e pode aumentar a inflamação, levando à ruptura das pápulas internamente, afetando outros poros ou folículos. Nove Métodos Naturais para Tratar Cicatrizes de Acne: Existem várias opções de tratamento natural que podem auxiliar na redução de cicatrizes de acne. Alguns desses ingredientes podem estar disponíveis na sua cozinha:

  1. Bicarbonato de sódio — Um item doméstico comum, o bicarbonato de sódio pode ser usado como esfoliante para remover células mortas da pele. Misture com água para criar uma pasta, aplique na pele, massageie por 1-2 minutos e enxágue, seguido de hidratação para evitar o ressecamento.

  2. Óleo de coco — Este óleo natural é um hidratante rico em nutrientes benéficos para a pele. Aplique-o na pele e massageie por alguns minutos. Você pode optar por enxaguar ou usar um sabonete suave para remover o excesso de óleo.

  3. Pepino — Com pH semelhante à pele, o pepino auxilia na regeneração da pele e na hidratação. Coloque fatias de pepino nas cicatrizes por 30 minutos, depois enxágue o rosto com água fria.

  4. Limão — O suco de limão, conhecido por suas propriedades clareadoras, pode ajudar no processo de cicatrização devido aos minerais e vitaminas que contém. Aplique suco de limão nas cicatrizes com um cotonete ou combine com mel para criar uma máscara facial, já que o mel possui propriedades antibacterianas que complementam o efeito do limão.

  5. Gelo — A massagem facial com cubos de gelo é um tratamento antigo para a acne que também pode melhorar a aparência das cicatrizes, minimizando os poros e acalmando a pele.

  6. Batata crua — As batatas contêm potássio, enxofre, fósforo e cloro, substâncias benéficas para o tratamento de cicatrizes. Esfregue uma batata crua nas áreas afetadas, transferindo o suco para a pele, e não é necessário enxaguar.

  7. Azeite de oliva — Rico em vitaminas e antioxidantes, o azeite de oliva pode ajudar na recuperação da pele. Massageie o azeite no rosto por 5-10 minutos, limpe o excesso e deixe agir por 15-20 minutos, pois o azeite é não comedogênico, o que significa que não obstruirá os poros.


Referências





Comments


bottom of page