Como vitamina C pode ajudar contra o COVID-19?



O coronavírus ainda está se espalhando em diversos países e sabemos que mais testes são necessários já que o núcleo central de uma estratégia que visa achatar a curva, ou seja, impedir ou retardar a propagação do vírus. Por quê? Porque o teste forneceria uma conta mais precisa de quantas pessoas estão realmente infectadas, muitas pessoas podem estar infectadas e não apresentar sintomas. Atualmente, as taxas de mortalidade simplesmente não são precisas e podem parecer muito mais graves do que são.


Mas ultimamente muito vem se falado sobre a vitamina C (ácido ascórbico) para a prevenção e tratamento do COVID-19, mas será que realmente funciona? Mesmo que criem uma vacina contra o coronavírus e ela funcione bem, ela irá garantir imunidade ilimitada a um vírus que sofrerá mutação, portanto desenvolver imunidade natural é o ideal, como seria o caso de uma gripe normal.


Agora ainda sem vacina e medicamentos, a única defesa real contra o coronavírus é o nosso sistema imunológico, portanto mudar sua alimentação é uma solução a longo prazo. Para uma resposta mais rápida seria prudente usar a vitamina C.


Estudos demonstraram que mesmo 200 mg de vitamina C por dia reduzirão a taxa de mortalidade em idosos com pneumonia grave em 80%. Estudos mostraram bebês com pneumonia, quando recebem 200 miligramas de vitamina C - o equivalente adulto de cerca de 2.000 a 3.000 mg, eles têm uma melhora nos níveis de oxigênio em menos de um dia. A mortalidade diminui e a duração e a gravidade da doença são menores.


Agora, não é o coronavírus em si que realmente mata as pessoas, é a pneumonia e a SARS, a síndrome respiratória aguda grave, que pode segui-lo. Aqueles que contraem o COVID-19 que estão realmente doentes vão ter gripe e será uma gripe desagradável. As pessoas em risco de morrer tendem a ser os idosos e os que estão imunocomprometidos.


Recentemente um protocolo de vitamina C intravenosa com hidrocortisona e vitamina B1 melhora as taxas de sobrevivência em pacientes com sepse, Como a sepse é uma das razões pelas quais as pessoas morrem de infecção por COVID-19, o protocolo de vitamina C de Marik pode ajudar bastante a salvar a vida das pessoas nessa pandemia.

Eu desencorajo as pessoas a tomar mega doses de vitamina C regularmente se não estiverem realmente doentes, porque é essencialmente uma droga - ou pelo menos funciona como uma.


Mas como que a vitamina C mata o vírus? Muitos acreditam que o potencial antiviral da vitamina C é resultado da atividade anti-inflamatória, A inflamação contribui para a cascata maciça de citocinas que pode ser letal. No entanto, essa não é a história toda a vitamina C combate os radicais livres, porém há exceções, se ela entrar numa célula cancerígena, ela age como se fosse um pró-oxidante e mata aquela célula, pois elas absorvem a vitamina C, com o vírus é a mesma situação, isso em doses altíssimas.


Já em doses suplementares normais, como normalmente a população faz, a vitamina C fortalece o sistema imunológico porque os glóbulos brancos precisam dela para funcionar. Os glóbulos brancos carregam neles muita vitamina C . Portanto, é muito conhecido que a vitamina C reforça diretamente o sistema imunológico através dos glóbulos brancos


Portanto, parte de suas medidas preventivas é educar-se sobre medidas simples que você pode adotar no conforto de sua própria casa, como exemplo suplementar vitamina C, lavar as mãos, evitar aglomerações, ter uma alimentação correta.



Posts Em Destaque