Verduras são essenciais para a regulação imunológica e resolução de tumores


Além disso, ao comer vegetais crus, você também recebe biofótons, as menores unidades físicas de luz, que são armazenadas e usadas por todos os organismos biológicos - incluindo seu corpo. A energia solar vital chega às células por meio dos alimentos que você ingere, na forma desses biofótons.

Eles contêm bio informações importantes, que controlam processos vitais complexos em seu corpo. Os biofótons têm o poder de ordenar e regular e, ao fazer isso, elevar o organismo - neste caso, seu corpo físico - a uma oscilação ou ordem superior. Normalmente, quanto mais luz do sol um alimento é capaz de armazenar, mais nutritivo ele é.

Vegetais frescos cultivados naturalmente, brotos crus, e os frutos amadurecidos ao sol são ricos em energia luminosa. Idealmente, procure por produtos frescos não geneticamente modificados (OGM), que sejam cultivados localmente de forma orgânica. Escolha os vegetais que parecem mais frescos, e consuma-os crus logo após a compra para obter os melhores resultados.

Se você não pode obter vegetais orgânicos, vegetais cultivados de forma convencional são melhores do que nada! Apenas tenha cuidado extra com vegetais não orgânicos, lavando-os completamente e removendo cascas e caroços quando possível para minimizar sua exposição a pesticidas.

Certas frutas e vegetais também tendem a ser muito mais contaminados do que outros, simplesmente por serem mais suscetíveis a diversas infestações e, portanto, serem pulverizados com mais intensidade. Alguns alimentos também são mais "absorventes", com cascas mais finas e macias. Esses alimentos devem estar no topo da sua lista ao procurar produtos orgânicos.

Razões para comer brotos, um alimento vivo com incríveis benefícios à saúde

Os brotos são um "super" alimento ignorado por muitos. Além do seu perfil nutricional, os brotos também são fáceis de cultivar por conta própria. Comecei a brotar sementes em potes de vidro entre 10 e 15 anos atrás. Um artigo da Care2 publicado ano passado listou 10 razões para comer brotos, incluindo as seguintes. Para mais informações, veja o artigo original:

•Os brotos podem conter até 100 vezes mais enzimas do que frutas e vegetais crus, permitindo que seu corpo extraia mais vitaminas, minerais, aminoácidos e gorduras essenciais dos alimentos que você ingere

•Tanto a qualidade da proteína quanto o teor de fibras de feijões, nozes, sementes e grãos melhoram quando germinados

•O teor de vitaminas e ácidos graxos essenciais também aumenta dramaticamente durante o processo de germinação. Por exemplo, dependendo do broto, o conteúdo nutricional pode aumentar para até 30 vezes o valor original em apenas alguns dias após a germinação.

Sementes de girassol e brotos de ervilha tendem a estar no topo da lista de sementes que você pode produzir, e são cerca de 30 vezes mais nutritivas do que os vegetais orgânicos que você pode colher no seu quintal

•Durante a germinação, minerais, como cálcio e magnésio, ligam-se às proteínas, tornando-os mais biodisponíveis

•Os brotos são um cultivo localmente perfeito, e podem ser facilmente produzidos na sua própria cozinha, para que você saiba exatamente o que está comendo. E, uma vez que são muito baratos, o custo não é desculpa para não os comer

Brotos como medicamentos

O site sprouts-as-medicine.com é uma boa fonte de informações relacionadas aos brotos: seus benefícios para a saúde, receitas e como cultivar os seus próprios. O britânico verticalveg.org é outra ótima fonte. Este último fornece dicas úteis de cultivo para cada mês do ano. Um dos benefícios dos brotos é que você pode cultivá-los o ano todo, mesmo quando está frio e escuro.

O artigo 6 passos fáceis para o paraíso dos brotos ensina como cultivar seus próprios brotos, do início ao fim. Embora você possa produzir uma variedade de diferentes tipos de feijão, nozes, sementes e grãos, os brotos em geral têm os seguintes atributos benéficos:

  • Auxiliam a regeneração celular

  • Fontes poderosas de antioxidantes, minerais, vitaminas e enzimas que protegem contra os danos dos radicais livres

  • Efeito alcalinizante no seu corpo, que se acredita ser capaz de proteger contra doenças, incluindo câncer (já que muitos tumores são ácidos)

  • Abundantemente rico em oxigênio, que também pode ajudar a proteger contra o crescimento anormal de células, vírus e bactérias que não conseguem sobreviver em um ambiente rico em oxigênio

Maneiras simples de aumentar seus vegetais

Duas das maneiras mais fáceis e eficientes de otimizar sua ingestão de vegetais é fazer sucos com eles e adicionar sementes germinadas. Não apenas os sucos ajudam seu corpo a absorver todos os nutrientes dos vegetais, tornando-os facilmente digeríveis, mas você também evita o risco de danificar qualquer um de seus micronutrientes sensíveis durante a cocção.

Cozinhar e processar os alimentos destrói muitos dos micronutrientes, alterando sua forma e composição química. Além disso, o processo de germinação tende a aumentar o conteúdo nutricional e a biodisponibilidade dos nutrientes. Os brotos também contêm enzimas valiosas, que permitem que seu corpo absorva e use os nutrientes de todos os outros alimentos que você ingere.

Outro benefício dos sucos é que eles permitem que você acrescente à sua dieta uma variedade maior de vegetais, que você pode não gostar de comer inteiros. Dessa forma, você está trabalhando com o princípio da rotação regular de alimentos, o que diminuirá suas chances de desenvolver alergias alimentares. Para obter orientações e informações mais detalhadas sobre como fazer sucos, recomendo que você analise a seção de sucos do meu plano de nutrição.

Mas seja qual for o método que você escolher, seja em sucos, inteiros, germinados ou cozidos, não deixe de comer seus vegetais. Este é um grupo de alimentos que é incrivelmente diversificado, então há uma grande variedade para escolher e atender aos gostos de praticamente todos. E cada vez mais evidências mostram que comer vegetais todos os dias é a chave para a boa saúde, é um hábito que pode ajudar muito na prevenção de doenças de todos os tipos, incluindo o câncer.


Posts Em Destaque