Quais os Sintomas do Coronavírus?



Por ser uma doença "nova", ainda há muitas dúvidas e incertezas sobre o COVID-19, o que pode ser mais um fator para causar ansiedade entre a população. Muitos fake news podem surgir por isso, sempre confira as informações que você recebe, procure canais de órgãos de saúde para mais confiança.


Mas uma coisa é clara, o COVID-19 pode ser sim perigoso, hoje já são 803.313 infectados, sabemos que em casos graves o vírus pode ter um efeito devastados no nosso corpo e não apenas nos pulmões.


Como em outras doenças de origem do coronavírus (SARS, MERS e resfriado comum), o COVID-19 é uma doença respiratória, portanto os pulmões são os primeiros afetados. Mas o que acontece com nosso corpo quando contraímos o coronavírus?


Os sintomas precoces podem aparecer de 2 a 14 dias após o contágio e eles incluem:

  • Febre;

  • Tosse;

  • Falta de ar ou dificuldade de respirar.


O problema é que a gravidade do coronavírus varia de sintomas leves, inexistente a doenças graves, podendo ser até fatais. Não é de se espantar que já totalizamos 39.014 mortes no mundo inteiro.


Pessoas idosas e com certas condições de saúde como:

  • Diabéticos;

  • Hipertensos;

  • Pessoas com insuficiência renal crônica;

  • Pessoas com doenças respiratórios crônicas;

  • Pessoas com doenças cardiovasculares.


Algumas pessoas podem ter apenas sintomas respiratórios menores, enquanto outras desenvolvem pneumonia sem risco de vida. Mas há um subconjunto de pessoas que desenvolvem danos pulmonares graves.


Pacientes em casos graves de coronavírus podem ter uma condição chamada síndrome do desconforto respiratório agudo ou SDRA, podendo levar a vazamentos de fluidos de pequenos vasos sanguíneos nos pulmões. O fluido se acumula nos sacos aéreos dos pulmões, ou alvéolos. Isso dificulta que os pulmões transfiram oxigênio do ar para o sangue.


Embora exista uma escassez de informações sobre o tipo de dano que ocorre nos pulmões durante o COVID-19, estudos descobriram que, em média, as pessoas começaram a ter dificuldade em respirar 5 dias após apresentar sintomas.


A SDRA desenvolveu-se em média 8 dias após os sintomas. O tratamento da SDRA envolve oxigênio suplementar e ventilação mecânica, com o objetivo de obter mais oxigênio no sangue.


Os pulmões são os principais afetados, porém casos graves de COVID-19, também relataram sintomas gastrointestinais, como náusea ou diarreia, embora os coronavírus pareçam mais fáceis de entrar no corpo pelos pulmões, os intestinos não estão fora do alcance desses vírus.


Caso surgirem os sintomas, você deve procurar o serviço de saúde mais próximo, para ser avaliado e diagnosticado. Ainda não existem tratamento especifico para o COVID-19, é indicado repouso, consumo de bastante água, além de certos remédios para aliviar certos sintomas.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados