RESVERATROL PARA TRATAMENTO DE CÂNCER



O resveratrol é um fitonutriente pertencente a uma classe de compostos polifenólicos de estilbeno encontrados em algumas plantas. Essa substância que ocorre naturalmente funciona como antioxidante, proporcionando neuroproteção contra muitas doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer e o derrame.


No entanto, esse dificilmente é o limite dos benefícios valiosos do resveratrol. Ao contrário de muitos outros antioxidantes, ele atravessa a barreira hematoencefálica que separa o sangue do cérebro, do fluido extracelular no sistema nervoso central.


Mas o que isso quer dizer? Essa habilidade faz com que o resveratrol aumente o fluxo sanguíneo cerebral, conseguindo proteger contra derrame e demência vascular, depressão, inflamação cerebral, formação de placa associada a doença de Alzheimer, bactérias, fungos e ainda pode melhorar o aprendizado, humor e a memória.


Ficou claro que esse é um nutriente valioso com muitos benefícios e devemos considerar em fazer essa suplementação. foi descoberto recentemente sobre esse antioxidantes que pode ajudar milhares de pessoas no mundo, foi confirmado que ele tem capacidade de melhorar o açúcar no sangue me paciente com diabetes tipo 2. Após apenas 8 semanas de suplementação com resveratrol, o açúcar no sangue em jejum dos indivíduos diminuiu, a lipoproteína de alta densidade aumentou e a insulina teve seus níveis melhorados.


Foi feita uma pesquisa com 71 pacientes com excesso de peso e diabetes tipo 2, eles receberam 1.000mg por dia de trans-resveratrol no período de 8 semanas. Embora os pacientes não tenham mudado na composição dos corpos, o resveratrol diminui o açúcar no sangue em jejum, aumentou a lipoproteína de alta densidade, além disso os níveis de insulina melhorou significadamente.


Vender remédios antidiabéticos sintéticos é muito lucrativo para a indústria farmacêutica. Mas fitonutrientes, como o resveratrol e outros tratamentos naturais, são claramente preferíveis para quem tem diabetes, porque não tem muitos efeitos colaterais.


A maioria das descobertas relatadas concentra-se em um aspecto de vários processos bioquímicos, por exemplo, aprimoramento da utilização da glicose, anti-oxidação, indução da produção de insulina, antiglicação.


Fora tudo isso, o resveratrol pode ter uma das mais capacidades de reduzir o risco de câncer. Em 2018, pesquisadores da Universidade de Genebra na Suíça, descobriram que o resveratrol pode prevenir o câncer de pulmão em camundongos que recebem carcinógenos que produzem câncer no pulmão. Foi observado uma diminuição de 45% na formação do tumor em camundongos tratados com resveratrol.


Esse antioxidante além de prevenir o risco de câncer, minimiza alguns dos efeitos colaterais notórios do tratamento contra essa doença. A quimioterapia e radioterapia, tratamentos comuns para o câncer, estão associados à depressão, fadiga, anorexia, dor neuropática e distúrbio do sono e o resveratrol pode ajudar com todos.


A desregulação das vias inflamatórias contribui para esses sintomas, paciente com câncer apresentam níveis ais altos de citocinas pró-inflamatórias, portanto esse agente anti-inflamatório pode ter potencial de melhorar sintomas relacionados ao câncer, devido as suas propriedades de múltiplos objetivos, baixo custo, baixa toxicidade e disponibilidade imediata.


Claramente, com todas essas propriedades relacionadas ao câncer e sua capacidade recentemente confirmada de melhorar o açúcar no sangue, o resveratrol é uma substância natural e valiosa, com inúmeros usos maravilhosos que vale a pena suplementar diariamente.




Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados