COMO SE PROTEGER DO CORONAVÍRUS?



O pandemia do coronavírus não para de crescer, no dia 26 de fevereiro foi confirmado o primeiro caso da doença no Brasil. Um homem de 61 anos em São Paulo foi infectado enquanto viajava para a Itália, além disso há diversos outros casos de suspeitas sendo investigados.


Fora isso já foram confirmados 148.306 casos no mundo inteiro, 151 no Brasil, totalizando 5.539 mortes. Lembrando que a transmissão do coronavírus acontece pelo ar ou contato com secreção contaminada, seja por meio de espirro, tosse, saliva, catarro e contato com superfícies contaminadas, seguidas de contato com boca, nariz e olhos. É importante ressaltar algumas instruções para prevenir o contagio segundo o Ministério da saúde do Brasil, que são:


  • Lavar a mão frequentemente e utilizar álcool em gel;

  • Evitar tocar no rosto com as mão não higienizadas;

  • Evitar contato com pessoas doentes;

  • Ficar em casa ao ficar doente;

  • Cobrir a boca e nariz ao espirrar, logo descartar o lenço;

  • Limpar objetos de uso frequente.

Porém nossa linha de defesa contra o coronavírus e outros patógenos é nosso sistema imunológico que deve estar fortalecido. Para atingir essa meta e melhorar ele naturalmente, siga essas dicas:


  • Fique atento em sua alimentação

Proteínas ajudam nosso corpo a reparar tecidos e combater infecções. Estudos mostram que aminoácidos das proteínas com arginina e glutamina, aumentam a capacidade do corpo de curar e diminuir inflamação. Além disso nutrir nosso corpo com altos níveis de antioxidante, ajudam a fortalecer a função imunológica.


  • Suplemente vitaminas e minerais

É importante nutrir nosso corpo com vitaminas e minerais através da alimentação, porém você pode ajuda-lo suplementando algumas, como por exemplo, vitamina A que aumenta a imunidade, reduz risco de infecção e apoia cicatrização de feridas (você pode encontrar em alimentos como cenouras, abobora, batata doce, salmão, ovos). outra vitamina importante é a vitamina D que desempenha um papel importantíssimo na saúde imunológica, idealmente deveríamos obter pela exposição ao sol, porém suplementar é uma boa ideia. E também a tão comentada vitamina C, contém muito antioxidantes, aumentando a resposta imunológica e ajuda reconstruir colágeno (alimentos ricos são frutas cítricas, brócolis e pimentão).


Os probióticos ajudam a equilibrar as bactérias intestinais, trazendo diversos benefícios para nossa imunidade no geral. Existem vários alimentos fermentados, o kefir é uma ótima opção, clicando aqui você aprende como fazer. Esse alimento rico em enzimas, cheio de microorganismos amigáveis ​​que ajudam a equilibrar o microbioma e a fortalecer as defesas imunológicas.


  • Consuma mais fibras

A fibra não apenas ajuda a equilibrar seu microbioma intestinal, mas também ajuda a melhorar seu sistema imunológico, pois os amidos resistentes agem como prebióticos para alimentar bactérias saudáveis ​​em seu intestino. Como resultado, promove os movimentos intestinais e mantém os resíduos em movimento suave através do cólon, beneficiando ao mesmo tempo a saúde do coração e controlando o açúcar no sangue.


  • Durma bem

Dormir consistentemente menos de seis horas por noite aumenta o risco de inúmeros efeitos físicos e psicológicos. A falta de sono diminui rapidamente sua função imunológica, deixando seu sistema aberto a influências ambientais, incluindo vírus como resfriados e gripes.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados