PROBIÓTICOS AJUDAM NO EMAGRECIMENTO?



Os micróbios presentes em nosso corpo tem papel vital na nossa saúde. Eles quebram as fibras alimentares indigestas e outros componentes dos alimentos, produzem vitaminas, promovem o desenvolvimento e a maturação do sistema imunológico e impedem que espécies bacterianas patogênicas colonizem o intestino.


Das cerca de mil bactérias intestinais que conhecemos, qualquer pessoa terá em volta de 160 espécies diferente no intestino. Essa combinação de espécies é chamada de microbioma intestinal e como gosto de ressaltar é importantíssimo para sua saúde e bem estar.


Quando falamos em bactérias do intestino, logo muita gente pensa em doenças, pois só lembram das bactérias que trazem doenças, esquecem que existem bactérias boas para nosso organismo.


E como se da essa diversidade no microbioma intestinal? Ela começa a ser estabelecida quando somos bebes e vai sendo afetado pela genética,dependendo de como somos amamentados, do ambiente. Após isso ele começa a ser afetado por nossas escolhas alimentares.


Dietas que são ricas em açúcar e alimentos processados podem reduzir a diversidade e saúde do seu microbioma. Já dietas ricas em vegetais, ricos em fibras tendem ater um impacto benéfico. Pessoas obesas tendem a ter um microbioma menos diversificado, além de terem maiores números de bactérias nocivas.


A obesidade está associada a uma redução de até 40% na diversidade, e estudos mostram que melhorar essa diversidade por meio da suplementação com probióticos pode ajudar resolver defeitos metabólicos, resultando na perda de gordura.


O compromisso de fazer alterações em nosso microbioma intestinal pode fazer muito mais que melhorar seus hábitos intestinais. A saúde intestinal é importante para a maioria dos aspectos da saúde, como na redução do risco de câncer, síndrome metabólica e depressão.


Aumentar a ingestão de alimentos fermentados ou tomar um suplemento probióticos, são formas de melhorar nosso microbioma e assim influenciar positivamente nosso metabolismo. Os Lactobacillus paracasei e Lactobacillus rhamnosus afetaram diversas vias metabólicas diferentes, incluindo o metabolismo de:


  • Lipídios hepáticos;

  • Aminoácidos

  • Metilaminas

  • Ácidos graxos de cadeia curta.


Aumentar o número e diversidade das bactérias é tão eficiente, pois há bactérias que ajudam a outra potencializando e trazendo novos benefícios. Mas então os probióticos podem realmente ter um impacto benéfico na obesidade? Vários estudos sugerem que a resposta é sim.


Entre eles está o probióticos Lactobacillus gasseri, encontrado no leite materno humo, que atua como inibidor da obesidade e antidiabético.Ele reduziu significativamente o peso corporal e tecido adiposo branco, bebês tem menor risco de obesidade infantil.


Em outro estudo, participantes obesos com níveis de açúcar o sangue alto, receberam esse mesmo probiótico ou placebo por 12 semanas. No final do estudo, o grupo que recebeu os probióticos havia eliminado mais gordura corporal do que aqueles que receberam placebo, mesmo sem haver mudança na alimentação ou comportamento.


O Lactobacillus gasseri reduziu o peso, a circunferência da cintura e do quadril, além de aliviar sintomas da síndrome do intestino irritável e colite. Embora muita coisa seja desconhecida e discutível, até agora existe um consenso geral de que a microbiota intestinal está implicada na obesidade por meio da fermentação dietética de carboidratos, excesso de armazenamento de energia e uma vasta fama de metabólitos hormônios e neurotransmissores, alguns dos quais são conhecidos por controlar a ingestão de alimentos e a regulação do balanço energético.


A suplementação pode melhorar nossa saúde e peso, as principais áreas que ele influência incluem:


  • Melhorando a integridade da barreira epitelial intestinal;

  • Produz substâncias antimicrobianas e outras substâncias promotoras da saúde;

  • Modula o sistema imunológico;

  • Inibe micróbios patogênicos.


Mesmo cepas individuais de bactérias tenham sido associadas a efeitos específicos à saúde, como reduções na gordura do tronco ou inflamação diminuída, vários estudos demonstraram que os probióticos de múltiplas linhagens podem ser mais benéficos do que os de linhagem única, pois tendem a criar efeitos sinérgicos.


Embora os suplementos probióticos estejam amplamente disponíveis, poucos podem competir com os alimentos fermentados tradicionalmente, em termos de diversidade e grande número de probióticos. então de preferencia para esses tipos de alimento, como kimchi, kombucha entre outros.


Quer em detalhes e passo a passo como perder peso de uma vez por todas e ter o corpo que você sempre sonhou, acesse o Emagrecimento Gorgeous, o curso mais completo que vai fazer você perder peso e ainda melhorar sua saúde sem passar fome ou se matar na academia.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados