O PERIGO DOS ÓLEOS DE COZINHA


Quando pensamos em alimentação saudável, muitas pessoas imaginam uma vida sem gordura, porém não é bem assim. Sabemos que a escolha certa do tipo de gordura pode fazer toda diferença na sua vida e saúde.


Substituir óleos perigosos por gorduras saudáveis é uma maneira simples de melhorar sua saúde e ainda é uma ajuda no processo para cortar carboidratos. Infelizmente o costume

de consumir gordura ruins está muito presente nos dias de hoje.


Quando falo em gordura ruim (trans) estou falando de óleos como:


  • Óleo de girassol;

  • Óleo de milho;

  • Óleo de canola;

  • Óleo de soja.


O alto consumo desses óleos ricos em ômega-6 é um fator alimentar tão perigoso quando o alto consumo de açúcar, pois esses óleos foram associados a doenças cardíacas, gastrointestinais como distúrbios do intestino irritável e condições inflamatórias como artrite, além de câncer.


Em nosso corpo precisamos ter uma proporção de ômega-3/ômega-6 de 1:1 mas com o alto consumo de óleos ricos no ômega-6, estamos consumindo até 25 vezes mais que ômega-3. Enquanto o ômega-3 tem efeito anti-inflamatórios e o ômega-6, inflamatório. Quando desregulada a proporção deles, o 6 induz a progressão de certos tipos de cânceres.