Como emagrecer sem flacidez de pele?



Perder peso sempre é uma conquista impressionante que reduz muito o risco de doenças crônicas, no entanto as pessoas que conseguem ter uma grande perda de peso podem adquirir uma certa flacidez de pele o que pode afetar significativamente sua estética e autoestima.


Fora isso pode acarretar em desconforto físico, limitação nos movimentos ao fazer atividade física


A pele é o maior órgão do nosso corpo, servindo de barreira protetora contra o meio ambiente. A camada mais interna dela consiste em proteínas, como o colágeno e elastina. O colágeno compõe 80% da estrutura da nossa pele, garantindo firmeza e força, já elastina garante elasticidade e ajuda a manter a pele firme também.


Durante o ganho de peso, a pele se expande para abrir espaço para um crescimento maior no abdômen e em outras partes do corpo. A gravidez é outro exemplo dessa expansão só que essa expansão só dura por meses, já pessoas com excesso de peso, normalmente tem essa expansão da pele por anos.


Quando a pele permanece assim por muito tempo, as fibras de colágeno e elastina ficam danificadas, como resultado elas perdem a capacidade de retrair quando a pessoa perde peso, então fica aquela "pele pendurada". Se você está pensando que só cirurgia é a opção, pesquisadores relataram que esses formavam menos colágeno novo e com composição menor.


Existem diversos fatores que podem contribuir para a flacidez de pele após a perda de peso, como:

  • Tempo que a pessoa ficou com excesso de peso: Quanto mais tempo alguém fica com sobrepeso ou obeso, maior será a flacidez devido grande perda de elastina e colágeno.