PROBLEMAS CAUSADOS PELO EXCESSO DE FERRO



O ferro é um nutriente muito necessário para a vida, por isso sua mãe e médico já devem ter frisado o aumento do consumo, pois ele é essencial para transferir oxigênio para os tecidos. A hemoglobina, proteína das células vermelhas do sangue que contém ferro em seu núcleo, liga-se reversivelmente ao oxigênio e fornece-lhe os tecidos. Sem oxigenação adequada, nossas células começam a morrer rapidamente.


Além disso o ferro é essencial para diversas enzimas e proteínas, estando envolvido na produção de energia, função imunológica, metabolismo e função endócrina. Por esses motivos a baixa quantidade de ferro (anemia) pode causar problemas significativos de saúde.


Em contra ponto o excesso de ferro é muito comum entre nós e pode ser tão problemática quanto. Nosso corpo tem uma capacidade limitada em excretar ferro, então ele pode ser facilmente acumulado em órgãos como figado, coração e pâncreas. Isso é perigoso porque o ferro é um oxidante potente que pode danificar seus tecidos e contribuir para uma gama de problemas de saúde como: