• Ronaldo Gorga

Quais são os benefícios da sardinha?


Você sabia que as sardinhas recebem o nome da ilha da Sardenha, na Itália? Era um dos lugares onde eram encontrados em abundância. Hoje, esses pequenos peixes são vendidos e apreciados em todo o mundo.


A humilde sardinha pode não parecer tão espetacular quanto outras variedades de peixes, mas você pode se surpreender ao saber que ela tem um impacto impressionante na nutrição. Abaixo, você encontrará tudo o que precisa saber sobre esse animal marinho.



O que são sardinhas?


Eles são conhecidos sob o termo inglês "pilchards" em alguns lugares, e são peixes gordos de pequeno porte pertencentes à família do arenque (Clupeidae). Não se sabe exatamente de onde vêm, mas acredita-se que eram abundantes no Mar Mediterrâneo. Eles também podem ser encontrados em grandes quantidades nos oceanos Pacífico, Índico e Atlântico.


As sardinhas têm uma aparência que as distingue de outros tipos de peixes. Seu corpo é plano e coberto de grandes escamas prateadas muito brilhantes (que não são encontradas em sua cabeça). No centro de sua barriga, eles têm um conjunto de escamas especializadas que são irregulares e apontam para trás, que são chamadas de escudos (escuto). Eles também têm uma barbatana dorsal curta.


Embora geralmente seja classificado como uma única espécie, na verdade existem 21 tipos diferentes de peixes que se enquadram na categoria de sardinha. Algumas das espécies mais conhecidas hoje são: Sardinops, Sardina, Dussumieria e Sardinella.


As sardinhas são geralmente menores que outros peixes, medindo de 15 a 30 centímetros de comprimento e têm ossos macios. Desenvolvem-se em cardumes de peixes muito densos e migram ao longo da costa. O plâncton é a base de sua dieta, que é filtrada da água do mar através de suas brânquias. Eles têm muito poucos dentes, e alguns não têm nenhum.


As sardinhas têm sido uma fonte de alimento confiável porque são muito abundantes e fáceis de pegar. No entanto, eles se tornaram populares no século 18, quando o líder militar francês Napoleão Bonaparte, juntamente com o inventor Nicolas Appert, introduziu o conceito de comida enlatada para seus soldados, época em que a sardinha estava entre os primeiros alimentos básicos. As tropas de Bonaparte se alimentaram desses peixes enlatados durante seus longos meses de luta.


Hoje, as sardinhas enlatadas, em salmoura, óleo e vários molhos, são um grampo muito amado na cozinha. Houve até uma época em que a sardinha se tornou o maior componente da pesca mundial. Atualmente, países como China, Japão e Omã são os principais exportadores desse pescado. No entanto, Marrocos é o principal fornecedor e exportador do mesmo.



É seguro comer sardinha?


Talvez o aspecto mais interessante das sardinhas seja que elas contêm baixos níveis de mercúrio. Esses pequenos peixes estão na base da cadeia alimentar aquática e, como se alimentam apenas de plâncton, não contêm mercúrio ou outros contaminantes, ao contrário de peixes grandes, como o atum.


Benefícios para a saúde


Caso você esteja se perguntando se as sardinhas são realmente boas para você, a resposta é sim. As sardinhas são ricas em vitaminas, minerais e outros nutrientes, como:


Todos esses nutrientes são vitais para prevenir muitas doenças e manter uma boa saúde geral. De fato, o consumo de sardinhas pode fornecer inúmeros benefícios, incluindo:


  • Reduzir o risco de doenças cardiovasculares: De acordo com vários estudos, 16 ômega-3 nas sardinhas podem quebrar o colesterol ruim (LDL), o que é útil para manter uma boa saúde cardiovascular.


  • Diminua o risco de coágulos sanguíneos: os ômega-3 podem ter efeitos positivos na inflamação, metabolismo lipídico e trombose. Eles também podem ajudar a quebrar a placa de ateroma e regular os níveis de pressão arterial.



  • Ajude a manter a boa saúde dos olhos: Comer peixes oleosos ou gordurosos, como sardinha, reduz o risco de degeneração macular relacionada à idade (DMRI), que é uma doença comum presente à medida que você envelhece.


  • Eles fortalecem o sistema imunológico e ajudam a combater os radicais livres: vários estudos revelaram que o óleo de sardinha produz um maior número de células imunes e, dessa forma, melhora a saúde do sistema imunológico. O selênio desses peixes pode ajudar a neutralizar a ação oxidativa dos radicais livres e evitar que os órgãos sejam danificados.




Como preparar sardinhas



Além de fazerem bem à saúde, as sardinhas têm grande versatilidade na cozinha. Nas versões enlatadas, eles já estão cozidos, por isso é possível comê-los diretamente do recipiente ou incluí-los em um prato imediatamente. Tente incorporar sardinhas em saladas, molhos ou molhos. Outra alternativa é refogar, grelhar ou fritar sardinhas frescas, além de grelhar. Este peixe delicioso e nutritivo pode ser muito bem aproveitado se for acompanhado de legumes, queijo e molho.


Se optar por usar sardinhas frescas, é fundamental que saiba limpá-las e prepará-las adequadamente antes de as colocar na frigideira ou na grelha. Aqui estão algumas dicas sobre como selecionar e preparar sardinhas frescas:


Certifique-se de que elas estão cheirando bem antes de comprar. Certifique-se de que eles estejam inteiros e não tenham hematomas. Evite aqueles que parecem velhos, ou seja, aqueles que sofreram "explosão de barriga", que é quando as entranhas do peixe começam a ficar visíveis.

Mantenha cada sardinha sob água fria corrente e remova delicadamente as escamas. Esfregue as laterais com os dedos em um movimento para frente e para trás para remover toda a pele áspera e escamas.

Para limpar uma sardinha, coloque-a de barriga para cima na tábua e segure-a com uma mão. Faça um corte ao longo da barriga usando uma faca de filé afiada, retire as tripas e descarte.

Retire os ossos. Usando a mesma faca, faça um corte nas laterais da coluna, logo atrás das costelas. Insira a faca sob as costelas e deslize-a para o lado oposto da coluna.

Use uma tesoura afiada para cortar a coluna exatamente onde ela se conecta à cabeça e à cauda.

Use o polegar e o dedo indicador para remover a coluna, começando na cauda e subindo até a cabeça. Ao realizar o movimento, levante a coluna suavemente.

Antes de cozinhar as sardinhas, tempere-as com um pouco de sumo de limão, sal e pimenta.



Sardinhas ou anchovas: qual você deve usar?


É comum a sardinha ser confundida com outro tipo de peixe pequeno: a anchova. Mas, apesar de ambos fornecerem benefícios semelhantes (devido ao seu teor de ômega-3), existem vários fatores que os diferenciam, especialmente em seus usos culinários.


Primeiro, as anchovas são menores que as sardinhas, pois geralmente têm menos de 15 cm de comprimento. Ambos têm gosto de peixe, mas as anchovas têm um sabor mais intenso devido ao processo de cura que sofrem. Por fim, a sardinha pode acompanhar pratos de sabor suave, enquanto o toque salgado da anchova é ideal para pratos que precisam de sabor mais forte, como pizza.


As sardinhas são uma excelente adição à sua dieta, no entanto, existem outros peixes que são uma excelente fonte de ômega-3. Para variar um pouco, não deixe de experimentar o salmão selvagem do Alasca, que também tem muitos benefícios.


Sua dieta desempenha um papel importante em sua saúde geral, por isso é razoável que as metas de bem-estar que você definiu este ano - especialmente se você luta para alcançar a saúde ideal - se concentrem em comer os alimentos certos.


Mas tenha em mente o seguinte: A dieta é apenas uma das bases da boa saúde. Há muito mais coisas a considerar.




FONTES E REFERÊNCIAS


1, 6 New World Encyclopedia, Sardine

2 Fish Is the Dish, Sardines/Pilchards

3, 5, 7 Encyclopaedia Britannica, Sardine

4, 8 Science Encyclopedia, Science & Philosophy: Revaluation of values: to Sarin Gas - History And Global Production Of Sarin Sardines - General Characteristics And Habits

9 Paleo Leap, Paleo Foods: Sardines

10 OEC, Sardines,brisling,sprats, frozen, whole

11 Doing Business In, Oceans of Fish

12 Food Additives & Contaminants: Part B Surveillance, Volume 10, 2017 - Issue 2, Pages 149-154, Abstract

13 Rev Obstet Gynecol. 2008 Fall; 1(4): 162–169. Abstract

14 U.S. FDA, Advice about Eating Fish, Nutritional Value of Fish

15, 22 USDA Food Data Central, Sardines, skinless, boneless, packed in water

16 Am J Clin Nutr September 1991, Abstract

17 Future Sci OA. 2017 Nov; 3(4): FSO236. Abstract

18 J Res Pharm Pract. 2015 Jul-Sep; 4(3): 135–141. Introduction

19 Nutrients. 2016 Nov; 8(11): 743

20 J. Nutr. July 1, 1997, vol. 127 no. 7 1388-1394 Abstract

21 Int J Environ Res Public Health. 2009 Jun; 6(6): 1894–1916. Abstract

23 The Kitchn, Jun 5, 2019

24 WikiHow, How to Cook Sardines

25 The Spruce Eats, What Type of Fish Are Anchovies? August 15, 2019

26 Food.com, Sardine Pate or Sandwich Spread