• Ronaldo Gorga

A sopa fria pode melhorar sua saúde


Especiarias: Será que elas ajudam a perder peso?

Os alimentos à base de plantas são muito saudáveis e, quando consumidos crus, costumam ser mais nutritivos. O mesmo vale para frutas, especiarias, ervas e castanhas, a maioria dos quais se enquadra na categoria "à base de plantas". Além dos sucos naturais dessas sopas, há também um ingrediente vital: a água, o inibidor original do apetite.

Cada combinação tem uma série única de atributos, tanto em termos de sabor quanto nutricionalmente. As combinações podem trazer sabores únicos nos quais você talvez nunca tenha pensado, como cebolas salteadas com maçãs, mas as especiarias dão um toque a mais, indo muito além de estimular as papilas gustativas.

A nutricionista certificada e Diva da Nutrição, Monica Reinagel, escreveu sobre uma amiga dela que afirmou ter perdido uma quantidade incrível de peso depois de iniciar uma nova dieta à base de especiarias, como cominho, açafrão, coentro, canela, pimenta-do-reino e pimenta caiena, para eliminar toxinas e acelera o metabolismo

Embora seja verdade que a canela é conhecida por estabilizar os níveis de açúcar no sangue, e que o açafrão, gengibre e alho podem diminuir a inflamação, a afirmação de que essas especiarias emagrecem não é muito precisa, diz Reinagel.

Na realidade, por mais saborosas que sejam, adicionar especiarias às suas refeições provavelmente não levará a uma perda drástica de peso. Dito isso, certamente também não faz mal.

Por exemplo, a capsaicina, o ativo responsável pelo ardor da pimenta caiena, pode ajudar a combater a obesidade diminuindo a ingestão de calorias, o tecido adiposo e os níveis de gordura no sangue, além de combater o acúmulo de gordura ao desencadear alterações proteicas benéficas no seu corpo.

A pimenta-do-reino, por sua vez, contém uma substância chamada piperina, que não só lhe confere seu sabor picante, mas também bloqueia a formação de novas células de gordura.

O gengibre é outra boa escolha, pois tem propriedades termogênicas que ajudam a impulsionar o metabolismo, além de ter um efeito supressor do apetite quando ingerido, sugerindo um "possível papel do gengibre no controle de peso".

Portanto, há um bom motivo para adicionar muitas especiarias às sopas frias. Use sua imaginação e deixe suas papilas gustativas guiarem você.

Antioxidantes: Uma necessidade para a saúde

Os alimentos crus à base de plantas são ricos em antioxidantes, mas embora possa parecer surpreendente, "mais" antioxidantes não é, de fato, benéfico após certo ponto. É até possível ingerir antioxidantes em excesso, afirma Reinagel, embora ela acredite que isso geralmente se aplique aos suplementos, não a especiarias.

A raiz da palavra "antioxidante" vem de oxigênio, mas também existe a partícula "anti"; você não pode sobreviver sem oxigênio, mas em excesso ele danifica suas células e causa envelhecimento precoce em todo o sistema, muito semelhante ao modo como uma fatia de maçã fica marrom com a exposição ao ar.

A exposição a toxinas ambientais, como produtos de limpeza doméstica, fumaça de cigarro e radiação, leva à produção de moléculas oxidativas nocivas pelo seu corpo, as quais são chamadas de radicais livres. Os radicais livres também são formados com a produção de energia causada pelos exercícios, metabolismo e até mesmo inflamação.

O radical livre é um metabólito altamente reativo, produzido durante o metabolismo e que carece de um ou mais elétrons. Esse elétron ausente é o que dá início à oxidação biológica, que pode atacar outras moléculas em busca dos elétrons ausentes.

Uma vez roubado, esse elétron se transforma em um novo radical livre, que continua a atacar outras moléculas.

É por isso que os radicais livres são tão insidiosos: eles danificam as células e o DNA e, pior, tendem a se acumular nas membranas celulares, comprometendo os lipídios nas membranas celulares. As membranas celulares oxidadas tornam-se perfuradas, quebradiças e inúteis.

Os antioxidantes são moléculas que podem impedir a oxidação de outra molécula, liberando seus próprios elétrons para alimentar os radicais livres, sem se tornarem eles próprios radicais livres.

Os nutrientes antioxidantes em seu corpo também produzem enzimas que protegem ainda mais contra os radicais livres, mas essa capacidade diminui com a idade. A exposição diária a substâncias prejudiciais no ar que você respira e alimentos que você ingere contribui para o estresse oxidativo, que ocorre quando os radicais livres superam os antioxidantes naturais.

Quer goste de sopas ralas e lisinhas ou grossas e com pedaços comestíveis, inspire-se nas cinco receitas a seguir, que trazem combinações de ingredientes sensacionais e de dar água na boca, além de uma boa dose de antioxidantes. Opte por ingredientes orgânicos sempre que possível.