• Ronaldo Gorga

NÃO HÁ REGRAS QUANDO SE TRATA DE LUTO



Não há regras quando se trata de luto, nem mesmo os famosos 5 estágios do luto que estão profundamente enraizados na nossa cultura atual (negação,raiva, barganha, depressão e aceitação).


Pesquisadores usaram métodos sofisticados de coleta de dados começaram a reverter essa ideia dos 5 estágios e outros também. Portanto vamos listar os 3 mitos do luto


  1. Sofremos em estágios: A maioria das pessoas realmente aceita a morte de um ente querido desde o inicio, já outras pessoas relatam sentir mais desejo que raiva ou depressão.

  2. Expresse, não reprima: Expressar emoções negativas pode realmente prolongar seu sofrimento. Faça o que for melhor para você aliviar o sentimento negativo.

  3. O luto nunca acaba: Pesquisadores identificaram padrões específicos para intensidade e duração do luto e geralmente eles terminam em 6 meses.

A empatia desempenha um papel enorme no luto, uma vez que possui bases neurológicas complexas que controlam a maneira como nosso cérebro nos ajuda a cuidar de outras pessoas. Os seres humanos tem "neurônios espelhos" que reagem às emoções dos outros e as reproduzem. Ao praticar empatia podemos aliviar o estresse, fortalecer relacionamentos e ter uma vida profissional mais satisfatória.


Fora isso o luto pode ser tao grave que enfraquece o sistema imunológico, principalmente entre idosos. Experimentar a perda de alguém querido pode afetar muito a saúde emocional, alem da saúde física, manifestando-se em doenças cronicas.


O estresse pode destruir seu sistema imunológico, o que pode afetar sua pressão arterial, níveis de colesterol, química cerebral, níveis de açúcar no sangue e equilíbrio hormonal. Se você tem um desequilíbrio hormonal, pode deixá-lo vulnerável a infecções e outras doenças.

Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados