• Ronaldo Gorga

SAIBA O QUE CAUSA E MANEIRAS NATURAIS PARA EVITAR PRISÃO DE VENTRE



Prisão de ventre é um problema muito comum que atinge muitos brasileiros, mas felizmente pode ser tratado facilmente com mudanças de estilo de vida. A medicina define prisão de ventre quando vamos menos de duas ou três vezes no banheiro por semana. Mas o ideal seria evacuar no mínimo uma vez por dia, portanto se você está indo ao banheiro menos de uma vez por dia, considere tomar atitudes que te ajudem a manter essa regularidade.

Manter uma regularidade é muito importante para nossa saúde, porque quando não conseguimos, as toxinas acumuladas voltam para nossa corrente sanguínea, além de aumentar o risco de hemorroidas e de impactação fecal, na qual necessita que as fezes sejam retiradas manualmente.

Mesmo sendo um problema comum você sabe quais são as causas de prisão de ventre?

A principal causa é uma dieta ruim, cheia de alimentos processados, açúcar e com falta de alimentos orgânicos como vegetais que são ótimas fontes de fibra, que ajuda o intestino a realizar movimentos que promovem a defecação.

Além da dieta, outras causas de prisão de ventre são:

  • Abusar de laxantes: Quando você toma laxantes por um longo período de tempo, seu corpo pode se tornar dependente deles. Primeiro você precisara de dosagens mais altas para surtir efeito e logo seu intestino pode parar de funcionar corretamente.

  • Hipotireoidismo: Uma tireoide hipoativa causa prisão de ventre.

  • Síndrome do intestino irritável (SCI): Isto pode causar espasmos no cólon que diminuem a velocidade com que o conteúdo do intestino se move através do trato digestivo.

Quando falamos em prisão de ventre a primeira solução que nos vem a mente são os famosos laxantes, mas este remédio oferece um risco como foi dito acima que ele pode causar dependência, assim seu intestino não trabalhará normalmente sem o uso do mesmo, e demora muito tempo até voltar ao normal se você parar de utilizar. Eles diminuem a funcionalidade do cólon piorando sua prisão de ventre e se usado por muito tempo pode causar danos nos nervos, músculos e nos tecidos do intestino grosso.

Então se você faz o uso de laxantes, certifique-se de usar em períodos curtos de tempo e tenha consciência esse remédio não faz nada para abordar os efeitos adjacentes da prisão de ventre. Mas não fique preocupado com o que fazer para aliviar prisão de ventre sem laxantes, aqui vão algumas dicas:

  • Na hora de realizar suas necessidades, coloque um banco perto da privada para levantar seus joelhos, pois esta posição ajuda a aliviar a prisão de ventre e evita hemorroidas;

  • Coma uma grande variedade de comidas ricas em fibra, o consumo ideal de fibra seria de 50 gramas de fibra por 1.000 calorias, consumidas. Vegetais são ótimas fontes de fibra, uma dica é adicionar sementes de linhaça moída nas suas refeições.

  • Pratique exercícios regularmente, isso ajuda a estimular a circulação e a função intestinal.

  • Tome probióticos de qualidade, isso ajuda a equilibrar as bactérias boas e mas no intestino, o que é essencial para um bom funcionamento digestivo, além de serem eficientes no combate contra a SCI

  • Faça suplementação de aloe vera e magnésio, pois ajudam a acelerar movimentos intestinais.

Assim se você integrar essas dicas ao seu estilo de vida, provavelmente você eliminará os riscos de prisão de ventre e de ficar dependente dos laxantes. Para finalizar certifique-se de atender ao chamado da natureza, quanto mais você ignorar o desejo de defecar, mais água será absorvida pelas fezes, ficando mais difícil manter essa regularidade.


Fale com a gente (11) 97658-4670

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

Copyright © 2020 Dr. Ronaldo Gorga. Todos os Direitos Reservados